Propostas de candidatos ao Governo da PB coincidem em vários temas

Publicado em segunda-feira, setembro 22, 2014 ·

eleiçõesAdversários no campo político, mas com ideias de governo bastante similares, os seis candidatos ao cargo de chefe do executivo estadual da Paraíba têm muito em comum nas respectivas promessas de campanha. As propostas apresentadas ao G1 pelos concorrentes do PSB, PSDB, PSOL, PROS, PSTU e PMDB têm objetivos muito parecidos e poucos projetos concretos.

Valorização de servidores na educação, saúde e segurança, ampliação do saneamento básico e investimentos na malha rodoviária são, para os postulantes ao governo do estado, algumas das principais metas para atrair o voto.

Para a educação, Antônio Radical (PSTU),Ricardo Coutinho (PSB), Tárcio Teixeira (PSOL) e Vital do Rêgo (PMDB) formulam praticamente as mesmas propostas: reestruturação de escolas e valorização de professores. Radical e Tárcio prometem reabrir as escolas fechadas. Ricardo promete dobrar o piso salarial do magistério. Major Fábio (PROS) afirma que dará ensino integral bilíngue. Já Cássio Cunha Lima (PSDB) promete um ‘Projeto para um Estado Educador’.

Quanto às melhorias nas estradas estaduais da Paraíba, todos os candidatos prometem a interligação das regiões e municípios paraibanos. Cássio, Major Fábio, Ricardo e Tárcio garantem pavimentação integral das vias estaduais. Radical destaca atenção para as “cidades pequenas”. Vital é o único que não promete a recuperação completa das rodovias, prometendo a duplicação da BR-230 entre Campina Grande e Cajazeiras e “ações nas maiores cidades”.

O plano de habitação dos candidatos ao governo inclui, prioritariamente, a construção de moradias populares. As únicas diferenciações são Radical, que promete “barreiras à especulação imobiliária”, Cássio diz que adotará o “Cheque Moradia”, Major Fábio promoverá a “reurbanização de favelas”, Tárcio defende uma “reforma agrária” e Vital do Rêgo quer ampliar o Minha Casa, Minha Vida. Candidato a reeleição, Ricardo destaca números de seu governo e promete mais 40 mil casas populares.

Convergências na captação de investimentos
O único ponto em que os candidatos divergem nas várias promessas é na captação de investimentos e geração de empregos. Radical promete investir na educação, saúde e transporte para melhorara a vida dos trabalhadores. Cássio quer atrair investimentos com prioridade para as “potencialidades do estado”. Major Fábio pretende formar centros de pesquisas industriais no Sertão e formar parcerias público-privadas.

Ricardo promete ampliar investimentos privados, superando os R$ 6 bilhões que ele diz já terem sido investidos atualmente no estado. Tárcio quer evitar a degradação ambiental e apoioar pequenos produtores e cooperativas. Vital do Rêgo assegura uma “política fiscal para atrair grandes empresas”, proposta a que Tárcio se opõe.

Mobilidade em JP e CG são destaque
Para a mobilidade urbana, as propostas permeiam as regiões metropolitanas de Campina Grande e João Pessoa. Ricardo e Cássio fazem a exatamente a mesma proposta: anéis metropolitanos/rodoviários em ambas. Radical promete investir em meios alternativos de transporte; Major Fábio quer criar um grupo especializado para projetos urbanísticos; Tárcio quer “anular a privatização das rodoviárias” e o Passe Livre; e Vital do Rêgo quer também a pavimentação de acessos entre cidades e distritos.

Os candidatos prometem prioridade para a realização de concursos públicos, transparência e modernização administrativa. As propostas para o uso da máquina pública – todas no campo das ideias e sem ações concretas – vão de “choque de gestão resgatando a meritocracia” de Cássio Cunha Lima à manutenção do “equilíbrio financeiro” da gestão de Ricardo Coutinho.

Antônio Radical quer um estado “sem clientelismo e apadrinhamento político”, Major Fábio promete um “Comitê de Trânsparência e Combate à Corrupção” e uma “parceria universitária”. Tárcio quer “envolver a população e servidores nas decisões” e “acabar negociatas da velha política”. Vital do Rêgo promete turno único nas repartições públicas (à exceção da Saúde, Segurança Pública e Educação) e uma “Câmara de Diálogo Permanente”.

Candidatos querem ampliar esgotamento sanitário
A ampliação da rede estadual de esgotamento sanitário é a principal meta dos candidatos no plano de saneamento básico. Todos destacam os investimentos no setor e atenção para a Companhia de Gestão de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa).

Radical promete o fim do “sucateamento da Cagepa”; Cássio prioriza a universalização do saneamento básico; Major Fábio vai perfurar poços e quer fazer um “investimento urbano sustentável”; Ricardo Coutinho destaca a manutenção do ritmo de investimentos; Tárcio Teixeira quer ainda reduzir a tarifa de água; e Vital promete saneamento em todos os 223 municípios paraibanos.

A construção de novas unidades de saúde são, para os candidatos a governar a Paraíba nos próximos quatro anos, as soluções para o bom funcionamento do setor. Valorização profissional também é a proposta de Cássio Cunha Lima e de Vital do Rêgo. Já o fim da terceirização/privatização de hospitais é o objetivo tanto de Antônio Radical quanto de TárcioTeixeira.

Proposta comum na segurança
“Efetivo” é a palavra-chave nas propostas dos candidatos na segurança pública, visando a ampliação nos números de policiais. Quanto às especificidades de cada postulante, Antônio Radical quer melhorar o policiamento comunitário, Cássio quer implementar uma “cultura de paz”, Major Fábio promete “fronteiras fechadas para o crime”, Ricardo diz que vai adquirir mais dois helicópteros e equipar as polícias, Tárcio pretende reabrir delegacias e Vital do Rêgo planeja criar uma “polícia de fronteira” e uma “polícia cidadã”.

Quanto ao sistema penitenciário, todas as propostas restringem-se ao âmbito da ampliação e modernização do setor. Radical quer ainda reformar o sistema, Cássio e Major Fábio visam atenção na ressocialização dos presos, Ricardo promete construir um novo pavilhão no presídio do Roger, em João Pessoa, Tárcio pretende “garantir acesso às políticas públicas no interior dos presídios” e Vital diz que vai melhorar a remuneração dos agentes.

 

Taiguara Rangel

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627