Projeto Curta-Afirmativo recebe inscrições até dia 7 de janeiro

Publicado em sexta-feira, dezembro 21, 2012 ·

Serão selecionadas seis obras audiovisuais de curta-metragem, com duração de dez a quinze minutos, dirigidas ou produzidas por jovens negros

O edital de apoio para curta-metragem ‘Curta-afirmativo: Protagonismo da Juventude Negra na Produção Audiovisual’ está com inscrições abertas até 7 de janeiro de 2013. Resultado de uma parceria da Secretaria do Audiovisual (SAv) e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), o Curta-Afirmativo foi lançado em homenagem ao Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro.[bb]

MinC Seleção quer valorizar e dar protagonismo à juventude negra na produção audiovisual

  • Seleção quer valorizar e dar protagonismo à juventude negra na produção audiovisual

A seleção tem o objetivo de valorizar e dar protagonismo à juventude negra na produção audiovisual. Serão selecionadas seis obras audiovisuais de curta-metragem, com duração de dez a quinze minutos, dirigidas ou produzidas por jovens negros, de 18 a 29 anos.

As produções podem ser de ficção, documentário ou animação e devem ser inéditas e originais. A temática é livre. Os vencedores serão contemplados com R$100.000,00 (cem mil reais) cada. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas por pessoas físicas, por meio do sistema online (SalicWeb), no site do Ministério.[bb]

A seleção será feita por uma comissão técnica composta por cinco membros, sendo dois representantes da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura (SAv/MinC), um da Secretaria Nacional de Juventude e dois  da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

A avaliação levará em conta o caráter inovador da obra; qualidade do roteiro; plano de distribuição e amplitude do acesso e, exequibilidade orçamentária.

Ações voltadas a produtores e criadores negros

O lançamento de editais voltados a produtores e criadores negros, foi anunciado no dia 20 de novembro, Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, pela ministra da Cultura, Marta Suplicy.

Segundo a ministra, o lançamento dos editais, em parceria com a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), será apenas o primeiro passo de tudo que o Ministério da Cultura está criando em ações afirmativas. “A parte mais forte e enraizada da nossa cultura vem da cultura africana. Nós temos que preservar isso e tornar mais visível”, defendeu Marta.

Marta também falou sobre os próximos passos que o MinC dará na direção da criação de ações afirmativas: “É a primeira vez que o Ministério da Cultura tem ação afirmativa nesse sentido. Então vamos ver como isso vai caminhar, corrigir o que não tiver funcionando e ampliar o que estiver funcionando”.

A ministra também aproveitou a cerimônia de lançamento dos editais para assinar a portaria 148/2012 que institui um grupo de trabalho para viabilizar as diretrizes básicas para elaboração do projeto executivo, construção e funcionamento do Museu Nacional Afro Brasileiro de Cultura e Memória.

Em defesa das políticas afirmativas

A ministra da Cultura defendeu as políticas de cotas sendo adotadas pelo MinC, amparadas em decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e em consonância com ações também do governo federal.

O presidente da Fundação Cultural Palmares, Eloi Ferreira, classificou o lançamento dos editais como um dos atos mais marcantes desde 1888. “A população negra começa agora a assumir o protagonismo para poder fazer a mudança na história desse País e a cultura é instrumento fundamental para isso” finalizou Ferreira.

O edital completo pode ser acessado aqui.

Fonte:
Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial
Ministério da Cultura

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627