Procuradoria Geral do Município vai pedir ilegalidade da greve dos professores

Publicado em segunda-feira, Abril 25, 2011 ·

geilson-salomaoA procuradoria Geral do Município de João Pessoa vai pedir à justiça a ilegalidade da greve dos professores da rede de ensino, que teve início nesta segunda-feira (25).

 

A prefeitura alega que em março de 2010 já atendeu a solicitação dos professores que há mais de 10 anos reivindicavam melhorias salariais. Além disso, a Prefeitura Municipal de João Pessoa afirma que mantém a linha de negociações com estes profissionais, oferecendo inclusive um reajuste de 10% no contra-cheque. A categoria recusa proposta e exige reajuste de no mínimo 21%.

 

Enquanto o impasse entre prefeitura e docentes do ensino municipal não é resolvido, aproximadamente 65 mil alunos ficam prejudicados com a falta de aula.

Redação Paraiba.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627