PRF registra 12 acidentes no primeiro dia de operação na Paraíba

Publicado em quinta-feira, outubro 11, 2012 ·

Nas primeiras 17 horas da Operação Nossa Senhora Aparecida da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na,12 acidentes já fora registrados. A ação teve início na madrugada desta quinta-feira (11) e vai até as 24h do domingo (14). Segundo a assessoria, ninguém morreu nos acidentes, mas não foi informado os números de feridos.

Este ano, um dos objetivos da operação é intensificar o cumprimento da Lei Seca ao longo dos 1.300 km de estradas e rodovias federais que cortam o estado.

Outra meta é evitar o excesso de velocidade. “Essa é a maior causa de acidentes com mortes nas estradas federais”, afirmou a inspetora Keila Melo, assessora da PRF. Ela adiantou ainda que vai ser fiscalizado o uso da cadeirinha dos bebês, acento com elevação ou bebê conforto.

“No dia das crianças, nada melhor que a PRF zelar pela vida delas”, explicou Melo. Outra recomendação é que os motoristas redobrem a atenção neste feriadão. “Principalmente porque vamos ter um fim de semana com chuvas, segundo a previsão. Sabemos que em alguns pontos se formam poças d’água, o que propicia a aquaplanagem e causa acidentes”.

Trechos perigosos
A PRF orienta ainda que os motoristas redobrem a atenção no trecho que vai de Cabedelo à Santa Rita. “É um trecho de movimentação de veículos intensa, o que aumenta as chances de acidentes”, explicou Keila Melo.

Outro trecho que requer atenção dos motoristas compreende e João Pessoa. “É um trecho em que as condições das estradas são ótimas. Isso faz com que os motoristas excedam a velocidade. Para se ter uma ideia, apenas nesta quinta-feira (11) flagramos nesse trecho mais de 400 motoristas por excesso de velocidade”.

Orientações
A PRF recomenda que, antes de pegar a estrada, o motorista deve fazer uma revisão básica no veículo. “O motorista deve verificar pneus, equipamentos obrigatórios como triângulo e chave de roda”, exemplificou a inspetora.

Outra recomendação é de que os motoristas conheçam o roteiro de viagem, sobretudo em viagens mais longas. “A população pode entrar em contato com a PRF através do telefone 191 para saber qual o melhor caminho para uma viagem tranquila”, finalizou Keila Melo.

Operação 2011
Na mesma operação feita no ano passado foram registrados nove acidentes. Cinco pessoas ficaram feridas e ninguém morreu, segundo a PRF.

G1 PB

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627