PRF: Definição de organizadora e edital ainda este mês; salários chegam a R$ 3,6 mil

Publicado em quarta-feira, março 26, 2014 ·

policia-rodoviaria-federalOs interessados em concorrer às 216 vagas de agente administrativo (nível médio) que serão abertas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) devem ficar atentos. A expectativa é que até o fim deste mês seja definida a organizadora e divulgado o edital de abertura da seleção, que deverá ter provas em todas as capitais e vagas em diferentes estados. A exigência para o cargo é o ensino médio completo e a remuneração inicial é de R$3.689,77 (incluindo o auxílio-alimentação, de R$373). As contratações são pelo regime estatutário, que dá direito a estabilidade, e a carga de trabalho é de 40 horas semanais.
A definição da organizadora era esperada para até o último dia 28, como informou à FOLHA DIRIGIDA, no dia 17 deste mês, o coordenador-geral de Recursos Humanos do departamento, inspetor Adriano Furtado. Porém, até o fechamento desta edição, na última segunda-feira, 24, a informação era a de que o processo referente à contratação da instituição que ficará à frente do concurso ainda estava com a Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça, a qual foi submetido. Apesar disso, segue mantida por enquanto a previsão de divulgar o edital ainda este mês.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O inspetor Adriano Furtado chegou a afirmar que se tudo corresse bem, a divulgação poderia ocorrer até a próxima sexta-feira, dia 28, o que dificilmente deve ocorrer em função da demora na definição da organizadora. Especialistas em concursos e até mesmo futuros candidatos acreditam que será contratado o Cespe/UnB, que organizou o primeiro concurso para a área administrativa da PRF, feito em 2012, e que tem estado à frente de todos os concursos realizados no âmbito do Ministério da Justiça nos últimos anos. O atraso na contratação da organizadora também deverá fazer com que as provas objetivas, inicialmente previstas para maio, só possam ser aplicadas no início de junho, devido à necessidade de se observar um intervalo mínimo de 60 dias desde a publicação do edital, conforme o Decreto 6.944/09.

A PRF pretende homologar o resultado final do concurso, que prevê ainda investigação social e/ou funcional, ainda em junho, para possibilitar que os aprovados sejam nomeados este ano. Segundo a legislação eleitoral, em caso de homologação após 5 de julho, as nomeações só poderão ocorrer em 2015. Um fator que demanda celeridade na conclusão do concurso é que a seleção visa à substituição de terceirizados irregulares, que, caso tenha sido cumprido o acordo firmado entre União e Ministério Público do Trabalho (MPT), não atuam mais na PRF desde, no mínimo, 31 de dezembro do ano passado.

As vagas do concurso deverão ser distribuídas de forma proporcional à demanda de pessoal de cada estado, como informou no mês passado a chefe substituta da Divisão de Concursos do departamento, Tatiana Campos. A distribuição será baseada no levantamento das demandas e no resultado do concurso de remoção interna dos atuais servidores promovidos pelo órgão. Os estados que serão contemplados e a quantidade de vagas em cada um deles ainda não foram informados. O mesmo vale para as disciplina que irão compor o conteúdo programático da seleção. Já foi antecipado no entanto, que haverá algumas alterações com relação ao conteúdo do concurso de 2012. Naquela oportunidade, as provas de agente administrativo versaram sobre Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Legislação Relativa à PRF, Noções de Informática, de Matemática, de Direito Constitucional, de Direito Administrativo e de Estatística.

Folha Dirigida

Comentários

Tags : , , , , , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627