Presidente do PT descarta intervenção da direção nacional em prol do PMDB na Paraíba

Publicado em sexta-feira, dezembro 6, 2013 ·

rodrigo soares 2Em seus últimos momentos como presidente estadual do Partido dos Trabalhadores da Paraíba, Rodrigo Soares, voltou a afirmar que o PT e o PMDB só deverão estar unidos  no segundo turno das eleições de 2014. “O fundamental é essa base estar junta no segundo turno. O candidato que for para o segundo turno, seja o do bloco ou o do PMDB, é importante que tenha unidade e avanços no entendimento, mantendo o respeito às divergências”, declarou.
O secretário de Articulação Política da Prefeitura de João Pessoa descartou a possibilidade de uma intervenção nacional do PT para apoiar a candidatura de Veneziano Vital do Rego a governador. “Não há tradição no PT de intervenção, pelo contrário, a democracia é a marca do PT e acho importante ter mais candidaturas para a população ter opção . Bipolarizar a eleição pode resultar na perda da qualidade da discussão, das ideias e das propostas”, disse.
Rodrigo Soares ainda adiantou que o bloco PT, PP e PSC deverá avançar no diálogo com outros partidos da base aliada da presidente Dilma Rousseff (PT).

Blog do Luís Tôrres

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627