Presidente do PSB garante aliança com PSDB e diz, ‘Cássio pode ser candidato ao Governo em 2018’

Publicado em segunda-feira, outubro 7, 2013 ·

edvaldo-rosasO presidente do PSB, Edvaldo Rosas, foi entrevistado no programa Rede Verdade desta segunda-feira (7), na TV Arapuan, e comentou sobre a aliança do PSB com o PSDB, que acontece também em nível Nacional.

Edvaldo ressaltou que a aliança entre os dois partidos em outros estados reforça a parceria na Paraíba. “O PSDB tem projeto de reeleger seus Governadores e o PSB tem o projeto de reeleger os seus governadores. Para ter uma idéia os partidos estão aliados em São Paulo. Como se dá essa parceria, o PSB entende que é importante a reeleição de Ricardo Coutinho (PSB) aqui na Paraíba, assim como o PSDB entende que é importante a reeleição de Geraldo Alckimin (PSDB) em São Paulo. É uma aliança que estrategicamente é boa para os dois partidos”, avaliou.

A respeito de dividir o palanque entre Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB) na Paraíba, Edvaldo lembra que é possível, como foi em 2010. “Cássio pedia voto para José Serra e Ricardo pedia voto para Dilma. Não vejo nenhum problema, quem deve estar com muito medo é o PT”, contou.

“Não vejo razão no rompimento dessa aliança, interessa a quem? Quem propõe o rompimento é quem não votou com Ricardo em 2010, e integrantes do PMDB que chamavam Cássio de ficha-suja”, lembra.

O presidente disse que Cássio pode ser candidato em 2018 e diz que o rompimento agora seria ruim para o Estado e tudo o que foi construído. “Sei que Cássio pretende voltar a ser governador da Paraíba, porque não em 2018? Ele ainda tem um mandato de senador para terminar e Ricardo esta bem avaliado”, concluiu.

Pedro Callado

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627