Presidente do INSS defende que gabarito do concurso seja divulgado nesta sexta

Publicado em quarta-feira, Fevereiro 15, 2012 ·

mauro-hauschildOs mais de 900 mil inscritos no concurso do INSS ganharam um reforço importante em sua luta para que os gabaritos preliminares das provas objetivas para técnico e médico perito sejam divulgados antes da data anunciada pela Fundação Cargos Chagas. Sensível ao apelo dos candidatos, que não entendem o motivo de tanta demora na liberação do material, o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social, Mauro Hauschild formalizou na segunda, dia 13, um pedido para que as respostas elaboradas pela banca sejam divulgadas até a próxima sexta, dia 17. Pela previsão inicial da organizadora, os gabaritos preliminares e as questões somente serão disponibilizados a partir das 14h do dia 5 de março – nada menos do que 22 dias após as provas, aplicadas no último domingo, 12 de fevereiro.

Como não puderam sair dos locais com o caderno de questões, os concorrentes às 1.875 vagas oferecidas na seleção – 1.500 para técnico e 375 para médico perito – seguem sem qualquer referência sobre seu desempenho e chances de êxito na disputa. A angústia dos candidatos, que se manifestaram com críticas à Fundação Carlos Chagas nas redes sociais, sensibilizou o presidente do INSS, que anunciou em seu twitter a formalização do pedido junto à organizadora. Também via twitter, Hauschild publicou o número de faltosos na seleção, informação até agora não divulgada oficialmente pela FCC. Segundo ele, dos 904.459 inscritos para técnico, foram contados 726.537 presentes (80,33%) e 177.922 ausentes (19,67%). No caso de médico perito, 11.760 inscritos, 6.945 fizeram a prova e 4.815 não compareceram.

O pedido de Hauschild à FCC foi confirmado pela assessoria do próprio INSS, que esclarece que, até o momento, a organizadora não deu qualquer resposta ao presidente do instituto ou aos apelos feitos por milhares de candidatos. Estes chegaram a manifestar no twitter de Hauschild o reconhecimento por seu empenho em defender a causa da transparência e agilidade nos concursos públicos . “Muito bem presidente. Todos os concursandos lhe agradecem pela consideração e respeito”, publicou Taciana Maciel. “Ainda bem que alguém está do nosso lado”, reforçou Leandro Fornaciari.

Também no Facebook da FOLHA DIRIGIDA centenas de candidatos questionaram a demora na divulgação dos gabaritos preliminares – somente no dia 5 de março, com abertura de prazos para recursos nos dias 6 e 7 do mesmo mês. “Já andamos com as pulgas atrás das orelhas com os concursos, que dirá agora com uma notícia dessa”, criticou Cleber Almeida Barros.”Essa regra de não permitir a saída do caderno de provas não está ocorrendo só neste concurso, mas em outros organizados pela FCC. Há ainda demora no gabarito preliminar e pequeno espaço de tempo sobre os recursos. Isso torna-se abusivo com todos aqueles que fizeram a prova devido tal instituto já possuir o gabarito cerca de 12 dias antes das aplicações das provas, tornando de certa forma uma atitude duvidosa”, pontua Mariana Marcelino.

Na FOLHA DIRIGIDA ONLINE, mais candidatos questionaram o calendário divulgado pela FCC. “Isso é uma demonstração de desrespeito, de falta de transparência, infração ao Princípio da Publicidade. Não divulgar o gabarito em até 48h causa desconfiança por parte dos candidatos. Estou profundamente revoltado com tal atitude. Sugestão ao INSS: troquem de organizadora para os próximos concursos. Sugiro o CESPE/UnB, a mais confiável e transparente”, afirmou João Ignácio. A expectativa geral dos concorrentes é de que, com o reforço do pedido feito pelo presidente do INSS, a Fundação Carlos Chagas mostre-se sensível aos milhares de pedidos já feitos até agora, e antecipe a divulgação dos gabaritos preliminares e das questões da prova.

Folha Dirigida

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627