Prefeitura prova que não pagou banco com salários dos servidores públicos

Publicado em quarta-feira, março 19, 2014 ·

pref-caaporanA Prefeitura Municipal de Caaporã emitiu nota, nesta quarta-feira (19), provando que não possui nenhum débito com o Banco Gerador ou tenha autorizado descontos nos contracheques de servidores para saldar dívidas. Um documento do próprio banco mostrando que não convênio com a prefeitura foi apresentado.

As acusações surgiram após uma ação no Ministério Público da Paraíba por apropriação indevida de valores descontados dos servidores.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Nota

A Prefeitura Municipal de Caaporã não possui nenhum débito com o Banco Gerador, conforme demonstrou documento emitido pela própria instituição financeira privada que atua no Norte e Nordeste do país. O banco possui convênio com o município para viabilizar a concessão de empréstimos consignados e financiamentos aos servidores públicos.

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ajuizou uma ação civil pública alegando que teria havido apropriação indevida de valores descontados dos contracheques de diversos servidores públicos do município, que deveriam ter sido destinados ao pagamento de empréstimos consignados junto ao Banco Gerador. A “Declaração de Inexistência de Débito” será encaminhada ao Órgão Ministerial.

No documento emitido em 14 de março de 2014, a instituição bancária afirma que até aquele data “a Prefeitura Municipal de Caaporã está em dia com suas obrigações de repasse oriundas do convênio de crédito consignado”. A declaração é assinada por Luiz Gustavo Alvim de Vasconcelos, diretor comercial do Banco Gerador.

MaisPB

com assessoria 

 

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627