Prefeito não paga transporte e crianças são obrigadas a caminhar até 10 km para estudar

Publicado em terça-feira, maio 24, 2011 ·


Para piorar a situação de descaso com o alunado da rede publica municipal, a Prefeitura dispõe de dois ônibus novos que estão na garagem.

Vereadores do bloco de oposição ao governo do município de Aparecida (região de Sousa) apresentaram dois requerimentos durante a última sessão da Câmara Municipal solicitando a secretaria de educação e ao prefeito Deusimar Pires Ferreira (PSDB) providências urgentes quanto ao transporte escolar.

Os parlamentares denunciaram na tribuna da Casa Legislativa que os estudantes da rede municipal de ensino estão andando cerca de 10 km a pé, para chegar a escola.

De acordo com o vereador Jairo, o qual é professor, os alunos do Sítio Beija-flor percorrem 10 km até a escola que fica na sede de Aparecida. Outro grupo anda cerca de 7 km da localidade de Riacho do Meio até o colégio onde estudam. Já os estudantes que moram na comunidade de Floresta caminham 2,5 km para chegarem a sala de aula.

Ainda segundo a denúncia dos parlamentares, o prefeito não está pagando aos motoristas desde o início deste ano, por isso, eles paralisaram os transportes. Dos cinco meses trabalhados, o gestor teria pago apenas um mês e meio aos motoristas, ficando 3,5 em atraso.

Ônibus na garagem

Para piorar a situação de descaso com o alunado da rede publica municipal, a Prefeitura dispõe de dois ônibus novos que ficam na garagem. “Esses veículos poderiam ser utilizados no transporte escolar de Aparecida, mas não dar pra entender porque não saem da garagem da Prefeitura”. Questiona o parlamentar Professor Jairo.

A sessão foi bastante movimentada e contou com a presença de pais de alunos, estudantes e motoristas.

Diário do Sertão
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627