Prefeito de Bananeiras e presidente da Câmara lamentam falta de socorro do Samu a vítima de Solânea

Publicado em sábado, outubro 5, 2013 ·

 

acidente2O prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, entrou em contato com a redação do FOCANDO A NOTÍCIA para lamentar a atitude dos responsáveis pela Central do Samu, que nessa sexta-feira (04) negou liberação de uma ambulância da cidade para o socorro de uma vítima de acidente em Solânea. A garota de 13 anos de idade passou uma hora esperando por atendimento com o fêmur quebrado. A situação foi testemunhada pela reportagem do site. Douglas explicou que a prefeitura cabe apenas as despesas com a manutenção do serviço e não a administração.

Douglas justificou que ele, como qualquer outro gestor, não tem autonomia nenhuma com o atendimento do Samu, “a única obrigação da prefeitura é manter o funcionamento da equipe do Samu, todo é qualquer atendimento só pode ser autorizado pela Central”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Douglas lamentou que algumas pessoas nas redes sociais estejam relacionando a falta de atendimento aos prefeitos de Bananeiras e de Solânea, Beto do Brasil. “Meu relacionamento com o município de Solânea é dos melhores possíveis, e principalmente com o prefeito Beto do Brasil, essa questão em nada tem haver, pois para as prefeituras ficam apenas os gastos com a manutenção das Unidades, não adiante querer justificar o problema aos gestores, só lamento a situação, pois se fosse de nossa responsabilidade jamais iríamos negar atendimento a quem quer que seja”, justificou o prefeito.

Presidente da Câmara de Bananeiras pede explicações a SES sobre falta de atendimento do Samu

O presidente da Câmara de Bananeiras, Ramom Moreira, a exemplo do prefeito Douglas Lucena, também lamentou a falta de atendimento do Samu e já pediu explicações a Secretaria de Saúde do Estado. Em sua página no facebook, o vereador defendeu a administração municipal e esclareceu que a prefeitura não tem autoridade sobre o serviço.

“A regulação (liberação de equipes e ambulâncias) é de responsabilidade da Secretaria Estadual de Saúde, não competindo a nenhuma administração municipal, seja de Bananeiras ou Solânea, a gerência dessa função. É lei e tem que ser cumprida. A isso se chama pactuação. Mas lamento a demora”, disse.

Ramom já entrou em contado com a Secretaria de Saúde do Estado pedindo explicações sobre o fato. “Inclusive já fiz queixa ao Secretário de Saúde do Estado, dessa situação (http://www.focandoanoticia.com.br/presidente-da-camara-de-bananeiras-pede-explicacoes-sobre-demora-no-atendimento-do-samu/). Mais uma vez encaminharei reclamação, anexando a reportagem em tela, na esperança de ver a melhoria do sistema para nossa população, que contribui com impostos para ter serviços de qualidade”, falou.

 

Redação/Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627