Polícia do Rio revela que Nem, chefão do tráfico na Rocinha, pretendia fugir para PB

Publicado em quinta-feira, novembro 10, 2011 ·

nemUm dos homens mais procurados do País, o traficante Nem, (Antônio Bonfim Lopes), chefão do tráfico na Favela da Rocinha, no rio de Janeiro, planejava fugir para o Estado da Paraíba. A informação é do delegado Carlos Augusto Nogueira Pinto , da 15ª DP da Gávea.

Segundo o delegado, entre os destinos prováveis de Nem estariam o Estado da Paraíba, a cidade de Macaé (no Norte Fluminense) ou o conjunto de favelas da Pedreira, em Costa Barros no subúrbio do Rio.

Nem foi preso no começo da madrugada da quinta-feira 10. Ele estava escondido no porta-malas de um automóvel que se passava por carro diplomático. O veículo foi parado por um comando policial, na Lagoa. O motorista mostrou nervosismo e foi retirado do veículo. Quando o porta-malas foi aberto, lá estava Nem. Ele ainda ofereceu R$ 1 milhão como suborno, mas não adiantou.

A polícia não tem informações precisas sobre o porquê do chefão do tráfico na Favela da Rocinha fugiria para a Paraíba, mas associa o suposto refúgio ao fato de outros traficantes como Fernandinho Beira Mar, na década de 1990, e Maciel de Sousa Ferreira, conhecido com Ciel, ex-chefe do tráfico de drogas no Complexo do Alemão, terem se escondido na Paraíba. Ciel foi preso no bairro de Mangabeira, João Pessoa, em dezembro de 2008.

Nova UPP

A ação policial na Rocinha foi intensificada por que no próximo domingo será instalada na comunidade a 19ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Rio. Desde o anúncio da UPP, Nem havia decretado um toque de recolher do comércio e moradores.

Da Redação
WSCOM Online

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627