Karlos Thotta

Poetas, mestres, rimas e métricas

Publicado em terça-feira, abril 9, 2019 ·

CANTADORES DE VIOLA, IMPROVISADORES, REPENTISTAS, CORDELISTAS E FORROZEIROS SÃO PATRIMÔNIOS CULTURAIS NORDESTINOS QUE ENRIQUECEM A BRASILIDADE NORDESTINA

Qualquer texto, seja ele narrativo, descritivo explicativo, discursivo, romântico, épico, histórico, sertanejo ou teatral, entre outras tantas classificações, pode ser chamado de Texto Poético.

Alguns estudiosos chamam de poético os textos que, emocionalmente, atingem a alma dos seus leitores tornando-os pessoas humanamente voluntariosas, mais solidárias e mais sócio-participativas.

A Poesia Formal trabalha com linhas de texto que são chamadas de Versos e apresentam, individualmente, determinado número de sílabas Tônicas em cada um dos Versos que formam um Poema.

A quantidade de sílabas tônicas é usada para a classificação dos tipos de poemas compostos ao longo da rica história da Poesia, interligada com todas as fases do desenvolvimento da humanidade.

A vibração rítmica e sonora, durante a leitura declamada do poema, é marcante pelas Tônicas de cada verso declamado, produzindo um resultado rítmico semelhante a aquele gerado pela percussão de bom sistema orquestral.

Assim como a música, a poesia apresenta um acentuado determinante matemático, poeticamente batizado, pelos Mestres-poetas, com o nome de Métrica, a responsável pelo ritmo da declamação.

Muitos compositores, cantadores, trovadores, cantores e intérpretes, afirmam que a Rima e a Métrica são a melodia e o ritmo da composição poética.

CANTADORES DE VIOLA, IMPROVISADORES, REPENTISTAS, CORDELISTAS E FORROZEIROS SÃO PATRIMÔNIOS CULTURAIS NORDESTINOS QUE ENRIQUECEM A BRASILIDADE NORDESTINA

 

 

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS









ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627