PMDB terá candidato a prefeito nas 223 cidades da Paraíba

Publicado em sexta-feira, julho 8, 2011 ·

pmdbO PMDB resolveu investir no seu poder de convencimento e anunciou que, nas eleições de 2012, deve lançar candidatura própria em todos os 223 municípios paraibanos. A decisão foi tomada durante a reunião da Executiva Nacional com os presidentes de Diretórios Estaduais de todo o país, na última quarta-feira (6), na Câmara dos Deputados, em Brasília. Na ocasião, ficou acertado que o partido vai lançar candidatura em todas as cidades brasileiras, mas o presidente do PMDB na Paraíba, Antonio Souza da Silva, advertiu que o partido deve compor alianças no estado.

“A recomendação é candidaturas em todas as cidades. Sempre que possível, (os diretórios devem) lançar candidaturas próprias, mas claro que há cenários onde esta vontade não será possível e não teremos como fugir de alianças”, revelou o dirigente paraibano em nota encaminha pelo partido. Segundo a Executiva Nacional da legenda, presidida pelo senador Valdir Raupp (RO), a intenção é preparar o partido não só para as eleições municipais, mas também para o pleito de 2014. “Tenho anunciado nos encontros nos estados que o PMDB terá que apresentar candidaturas próprias a prefeito e a nominata completa para vereador”, garantiu Raupp durante o encontro.

Para o presidente do PMDB na Paraíba, a defesa pela candidatura própria já vinha sendo defendida pelas lideranças do partido no estado. “O PMDB precisa preparar candidaturas próprias para fortalecer cada vez mais a sua estrutura e manter o favoritismo, não apenas nas eleições de 2012, mas também nos pleitos eleitorais futuros”, avalia Antonio Souza. Para isso, a orientação do partido é que os dirigentes municipais peemedebistas privilegiem nomes próprios para a disputa em vez de procurar “alianças amplas” com outros partidos, o que somente virá a acontecer num eventual segundo turno.

Na avaliação do senador Valdir Raupp a legenda precisa sair forte das eleições municipais para se preparar para as eleições gerais de 2014, quando serão eleitas as bancadas no Senado e Câmara, os governadores e presidente da República. “A união que estamos observando em todos os estados permitirá que o partido se fortaleça mais. O PMDB está empolgado para obter resultados ainda melhores para o ano que vem. Se não estivermos fortes em 2012 ou 2014 podemos prejudicar nosso desempenho no futuro”, argumenta.

O Norte

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627