PMDB desmarca reunião, mas avisa que não cederá a caprichos de Gervásio

Publicado em sexta-feira, novembro 30, 2012 ·

 

O imbróglio dentro do PMDB paraibano continua, mesmo após a definição do nome do ex-governador José Maranhão como o novo presidente do partido. Agora, o moído envolve o cargo a ser ocupado pelo deputado Gervásio Maia Filho (PMDB). Diante do impasse, o presidente estadual do PMDB, Antônio de Souza, decidiu cancelar a reunião que estava agendada para esta sexta-feira (30), até que o parlamentar ‘se decida’.

“Gervasio deve decidir se quer o espaço oferecido a ele na chapa ou se grupo do ex-senador Wilson Santiago vai bater chapa contra o ex-governador José Maranhão pela presidência da legenda e quebrar o acordo selado com líderes nacionais”, ironizou.

Apesar de externar que vai aguardar a decisão do parlamentar, o dirigente descartou a possibilidade de reunião para modificar a composição do comando do PMDB na Paraíba.

Gervásio Maia é um dos integrantes da chapa que era encabeçada pelo ex-senador Wilson Santiago e não se conformou com o posto que recebeu após a formação de uma chapa de consenso, envolvendo os integrantes das duas chapas para formar uma apenas.

“Todo mundo cedeu uma parte. Gervásio é que não quer”, disse o presidente, afirmando que o “deputado não pode obstacular” o que ficou acertado em Brasília.

ENTENDA

Desprestígio: parlamentar se ofende com irrelevância de cargo e questiona imposição de lista no partido

Após uma eleição conturbada sobre a escolha do presidente do diretório estadual do PMDB, a nova polêmica é a lista divulgada por José Maranhão com os nomes para a executiva estadual. O deputado estadual Gervásio Maia Filho (PMDB) foi “escanteado” e ganhou um cargo sem muito prestígio. A lista desencadeou um apelo sobre a bandeira levantada anteriormente por Gervásio, Veneziano presidente.

Os argumentos de Gervásio Filho são contundentes e há de se levar em consideração que para quem faz o papel de um dos líderes da oposição, dentro da Assembleia Legislativa, receber um dos cargos mais insignificantes é, no mínimo, aborrecedor.

“Concordar com uma chapa que já veio pronta, quem é que pode concordar? É demais pedir que o processo também seja democrático nas escolhas dos nomes da executiva? Eu entendo que não”, afirmou o deputado.

Questionado se o parlamentar iria procurar o cacique do PMDB para uma conversa sobre os cargos, Gervásio não se esquivou e alfinetou outros integrantes do partido.

“Eu sou do diálogo, eu sou da conversa e não estou olhando para meu próprio umbigo. Diferente de outros que estão desesperados com seus interesses individuais. Vocês sabem muito bem quem está apegado e quem não está apegado, eu estou desapegado. Mas estou apegado ao fortalecimento do meu partido”, assumiu Gervásio.

Entretanto, Gervásio Filho aproveitou a oportunidade para deixar um apelo ao dirigente estadual do partido. “Que Maranhão coloque a mão na consciência e discuta com a mesma maturidade, com a mesma tranquilidade que tivemos na escolha do diretório estadual e dos delegados da nacional”, recorreu o parlamentar.

Em tom magoado, o deputado defendeu suas posições e, mesmo com a presidência estadual do PMDB decidida, voltou a elencar uma renovação para o partido. “Reafirmo o que falei semana passada, Veneziano presidente”, assentiu Gervásio.    

Patricia Silva

PB Agora

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627