PMDB decide expulsar Iraê Lucena, mas mantêm apoio aos deputados ‘aliados de RC’ na AL e explica: ‘o pacto feito com eles, está sendo cumprido’

Publicado em terça-feira, junho 14, 2011 ·

PMDB-rachadoO presidente estadual do PMDB, Antônio de Sousa, informou em entrevista à rádio CBN nesta terça-feira (13) que o partido decidiu enviar processo de expulsão de Iraê Lucena ao conselho de ética que trabalhará no caso durante a plenária em julho. Deputados como Wilson Braga e Marcos Odilon foram poupados já que vão migrar para outros partidos.

“Essa pessoa não tem perspectiva de disputar mais nada pelo PMDB e Iraê saiu atirando de uma hora para outra candidatura ao Governo. Ela deve procurar ir para um partido mais próximo ao Governador Ricardo Coutinho”, proferiu Sousa.

Comentando sobre os deputados Márcio Roberto e Doda de Tião, Antônio foi enfático em dizer que os parlamentares fizeram um acordo com o PMDB e que eles estão cumprindo o trato e por isso recebem o apoio do partido.

“Os deputados acertaram que se a matéria do Governo for em benefício da sociedade, eles estão livres para votar com a bancada aliada, mas se for de cunho político, devem votar junto com a oposição e isso vale para todos os nossos parlamentares. Até o momento não houve nenhum fato que justificasse a expulsão deles, o pacto feito na reunião da executiva está sendo cumprido à risca”, explica Sousa.

Resolver a questão dos dissidentes vai ser uma missão delicada, uma vez que alguns peemedebistas, como os deputados André Gadelha e Raniery Paulino, defendem até a expulsão daqueles que mudaram de lado, caso não haja uma explicação convincente dos motivos que levaram a adesão ao adversário socialista.

Vanessa de Melo
PB Agora
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627