Pesquisa mostra opinião da população sobre importância e qualidade dos serviços de creche

Publicado em segunda-feira, Março 5, 2012 ·

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Patrícia Galvão em parceria com a empresa de pesquisas Ipsos sobre Creches avaliou como a população brasileira percebe a importância e a qualidade deste serviço. Uma das principais conclusões foi a de que o cuidado com as crianças deve ser de responsabilidade da família e do Estado.

De acordo com Arlene Martinez Ricoldi, pesquisadora da Fundação Carlos Chagas e presidente da União de Mulheres de São Paulo, a pesquisa buscou chamar atenção para uma pauta que foi promessa de campanha da presidenta Dilma Rousseff, mas que até agora não saiu do campo das palavras. Das seis mil escolas para educação infantil prometidas para os quatro anos de mandato, nenhuma foi concluída.

“Estamos em ano eleitoral e isso é uma oportunidade para o tema ser objeto de debates, já que as eleições são municipais e a responsabilidade das creches é das Prefeituras. A população está bem informada e sabe que a creche é um direito da criança e é um serviço que impacta na vida e trabalho das mães”, explica Arlene.

A pesquisa, realizada nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, com cerca de mil pessoas, entre homens e mulheres acima de 16 anos, em 70 municípios de todas as regiões do Brasil, mostrou que a avaliação dos serviços das creches foi positiva. A pesquisa mostra que as mulheres sem filhos avaliaram melhor o serviço (57%) do que as mulheres que têm filhos e trabalham (47%).

A população que reside em cidades do interior demonstrou estar mais satisfeita, já que 57% avaliou o desempenho das creches como ótimo ou bom, já nas regiões metropolitanas esta cifra cai para 44% e nas capitais se reduz para 39%. Mas nem todos estão satisfeitos. Nas capitais e regiões metropolitanas, 30% consideraram as creches regulares. Nestes mesmos locais, os que avaliaram o serviço como ruim ou péssimo chegou a 17% e 19%, respectivamente.

Os entrevistados das regiões Norte e Centro Oeste foram os que se mostraram menos satisfeitos com o desempenho das Prefeituras em relação à qualidade das creches. 33% julgam o serviço como ruim ou péssimo, cifra bastante superior a das outras regiões onde as taxas de rejeição giraram em torno de 8%. Na outra ponta, os entrevistados das regiões Sul (56%) e Sudeste (58%) avaliaram melhor as creches, julgando os serviços como bom ou ótimo.

Merece destaque o resultado sobre a responsabilidade com o cuidado das crianças. 42% dos entrevistados afirmaram que este cuidado deve ser uma carga do Estado e 47% afirmaram que a responsabilidade é da mãe/família. Os dados mostram, que no Sul (69%) e no Nordeste (62%), a percepção de que o cuidado é da mãe/família foi maior. Já 57% dos entrevistados do Sudeste defendem que o Estado precisa se responsabilizar pelo cuidado das crianças quando os pais estão no trabalho.

Outro resultado relevante fala sobre a importância da creche. 49% responderam que o serviço é mais importante para as crianças, pois é sua primeira escola, enquanto 48% disseram que é mais importante para a mãe, que tem onde deixar sua criança enquanto trabalha. Sobre isso, fica provado que “a existência das creches possui uma dupla importância, ela beneficia tanto a criança, que tem um primeiro contato com as instituições de ensino quanto às famílias, especialmente as mães, que podem deixar seus filhos em um lugar seguro para poder trabalhar”.

Arlene defende que além de ser um direito da criança, a creche dá mais autonomia às mulheres. “Quando forem desenhar as políticas públicas é preciso ver que a creche ajuda na educação da criança e possibilita que pais e mães trabalhem, ajudando a incrementar a renda da casa ou que tenham tempo para se preparar melhor para o mercado de trabalho”, defende.

Os entrevistados também responderam sobre os fatores mais importantes com relação às creches. O horário de funcionamento (56%), o número de vagas (53%) e a localização (45%) foram apontados como os mais relevantes.

Slides com os resultados da pesquisa na íntegra podem ser consultados no link: http://www.agenciapatriciagalvao.org.br/images/stories/PDF/pesquisas/pesquisacreches2012_.pdf

adital.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627