Ministério da Saúde

PB supera meta de vacinação contra sarampo, aponta boletim

Publicado em quarta-feira, outubro 30, 2019 ·

Um levantamento sobre a vacinação contra o sarampo divulgado, no último dia 29, pelo Ministério da Saúde, mostra que o Brasil superou a meta de vacinação com 95% de cobertura vacinal em crianças de um ano. Segundo o boletim, a Paraíba atingiu 95,25% de cobertura. Em todo o Brasil, 14 estados conseguiram atingir o índice ideal de vacinação.

O relatório do Ministério apresenta que dos 223 municípios da Paraíba, 106 estão igual ou superior dos 90% de cobertura vacinal. Os dados foram levantados após primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação, quando crianças de seis meses a menores de cinco anos tiveram a caderneta de vacinação avaliada.

Já a Secretária Estadual de Saúde da Paraíba, apresentou o último boletim no dia 24 de outubro que confirmou 21 casos de sarampo. E foram notificados 273 casos suspeitos em 74 municípios.

Outros estados e nova campanha contra sarampo

Os estados que atingiram a meta de vacinação são: Alagoas, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Espírito Santo, Ceará, Paraná, Santa Catarina, Sergipe, Rio Grande do Sul, Tocantins, Goiás, São Paulo e Paraíba. Em relação aos municípios, 34,5% (1.923) precisam reforçar os esforços para atender a meta de vacinação. A partir de 18 de novembro, a segunda etapa da campanha se inicia. Um novo grupo, composto por adultos de 20 a 29 anos que não estão com a caderneta de vacinação em dia, terão a oportunidade de se vacinarem até 30 de novembro, quando termina a campanha.

Levantamento da situação vacinal

O Ministério da Saúde fez um levantamento de 6,5 milhões de registros da situação vacinal de crianças para análise. Os dados são de crianças de seis meses a menores de cinco anos. Na lista, consta o quantitativo de doses aplicadas da tríplice viral, que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba, de cada registro. O documento servirá para que os gestores locais definam estratégias para realização de busca ativa das crianças com o esquema vacinal incompleto.

“A lista das crianças não vacinadas é uma iniciativa do Ministério da Saúde para potencializar o trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias na busca ativa dessas crianças. A medida vai apoiar os municípios no alcance da meta de cobertura vacinal contra o sarampo, para que eles consigam receber o restante dos R$ 206 milhões liberados pela pasta para ações locais de vacinação. Com esse reforço financeiro e a estratégia da busca ativa, os municípios terão fôlego para organizar e implantar mais ações de imunização a quem mais precisa”, destacou o secretário de Atenção Primária à Saúde, Erno Harzheim.

Verificação do cartão de vacina

A orientação do Ministério é que os profissionais de saúde deverão checar se o número de doses aplicadas da vacina é o recomendado pelo Ministério da Saúde para a idade da criança, de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação. O objetivo, além de aumentar a cobertura vacinal, é estimular que os gestores atualizem suas bases de dados de vacinação.

Os municípios que contam com o trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e os Agentes de Combate às Endemias (ACE) podem utilizar os profissionais para a ação, já que eles conhecem as famílias e crianças da sua região. Os municípios que não contam com esses profissionais podem utilizar o serviço das Equipes de Saúde da Família (ESF) e os profissionais que atuam nas unidades de Atenção Primária à Saúde.

 

portalcorreio

 

 

Comentários

Tags : , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627