PB é o 4º estado em violência contra mulher; ONG estima que número de notificações é 5 vezes maior

Publicado em quarta-feira, dezembro 21, 2011 ·

violencia-mulherA Paraíba aparece em 4º lugar em um ranking nacional com os Estados onde mais foram notificadas ocorrências relacionadas com violência contra a mulher. A coordenadora do Centro da Mulher 8 de Março, Irene Marinheiro, revelou que foram denunciados 163 casos entre agressões e assassinatos até o dia 31 de novembro, mas o número pode ser muito maior.

Marinheiro explicou que muitas mulheres ainda têm medo de denunciar e, existe uma estimativa de que, para cada notificação, outras 5 não são documentadas. “Apesar dos números serem impressionantes, o número de denúncias ainda muito baixo”, contou. Esse ano foram denunciados 43 assassinatos, 52 tentativas de homicídio e 68 agressões físicas contra a mulher na Paraíba.

Os índices de violência contra a mulher subiram em relação ao ano passado, mas também se deve ao fato das mulheres estarem denunciando mais. “A criação da lei Maria da Penha encorajou as mulheres a denunciar, mas também tem o outro lado que é a impunidade. Enquanto a maioria das denúncias ficarem impunes, a violência vai crescer”, afirmou.

A coordenadora do Centro ainda contou que as delegacias da mulher não estão funcionando nos finas de semana e feriados. “Temos que chamar atenção para isso, já que no final de semana é quando há o maior índice de violência. Muito por conta da bebida, não é a única razão, mas contribui, é o dia que os trabalhadores vão tomar a sua cervejinha, ficam um pouquinho alto e muitas vezes cometem violência”, disse.

O telefone do Centro da Mulher 8 de Março é 3241-8001. “A mulher pode ligar para gente o ir para a delegacia, que ela será atendida. Mas nós também encaminhamos, mesmo que seja ameaça verbal, e com a lei Maria da penha, qualquer pessoa pode fazer a denúncia, o vizinho o amigo, a parenta a prima, a mãe a tia”concluiu.

Pedro Callado/Fernando Braz

Paraíba.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627