Passageiros reclamam após esperar seis horas por voo em João Pessoa

Publicado em terça-feira, janeiro 10, 2017 ·

(Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)
(Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)

Uma manutenção não programada em um avião fez com que passageiros esperassem mais de seis horas por um voo no Aeroporto Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa, nesta terça-feira (10). De acordo com os passageiros, o voo deveria ter decolado à 1h20 (horário local), mas até as 7h30 (horário local) nenhum passageiro tinha sido embarcado. Por volta das 9h (horário local) alguns passageiros tinham desistido de esperar, outros conseguiram ser embarcados em outros vôos e outros seguiam esperando no aeroporto.

De acordo com a Azul Linhas Aéreas Brasileiras, o voo 5275 deveria partir na madrugada desta terça de João Pessoa com destino ao aeroporto de Viracopos, em Campinas, São Paulo, mas foi cancelado devido a uma manutenção não programada na aeronave que faria o trajeto. A nota da companhia explica que os clientes estão recebendo a assistência necessária e sendo reacomodados em outros voos da companhia.

José Carlos, um dos passageiros do voo, explica que chegou às 23h (horário local) da segunda-feira e que até as 7h30 ainda não havia embarcado, quando estava deitado no saguão do aeroporto. “A situação não está boa. Sou hipertenso, tomo remédio controlado e me matando aqui. Falei com o rapaz às 2h, disse que não estou bem, não me deram nenhum remédio e estou aqui praticamente jogado no chão e não me falam qual a hora do voo que vou decolar”, explica.

Outro passageiro, que não quis se identificar, disse que os funcionários da companhia não passavam informações. “A única resposta que deram para a gente ali [no guichê] é que não podem fazer nada ou, como disseram para uma das passageiras, que se ofendeu, é que se ela quisesse procurar um hotel por conta dela, depois procurasse a Azul que teria o reembolso. Estamos esperando alguma satisfação”, explicou.

Ainda na mesma nota, a Azul lamentou o ocorrido e ressaltou que “medidas como esta são necessárias para conferir a segurança de suas operações”.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS
















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627