Paraíba registra 337 mortes por tabagismo em sete meses e tem 450 mil fumantes

Publicado em quinta-feira, agosto 28, 2014 ·

secretaria de sudeA Paraíba tem 450.158 fumantes, o que corresponde a 11,5% da população de 3.914.418 habitantes, segundo estimativa de Fumantes pelo Pacto pela Saúde, do Ministério da Saúde. Só em João Pessoa, são 88.504 pessoas que fumam. De janeiro a julho de 2014, foram registradas 334 mortes por tabagismo em todo o estado.

As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (28) pela Secretaria Estadual de Saúde e alertam para a necessidade de reforçar os cuidados para combater o tabagismo, lembrados nesta sexta-feira (29) no Dia Nacional de Combate ao Fumo.

Apesar dos números serem altos, eles vêm diminuindo. De acordo com dados da SES, em 2013, a Paraíba tinha 511.480 fumantes e, destes, 99.720 estavam em João Pessoa. As mortes também caíram no estado, depois de já terem chegado a 490 no mesmo período do ano passado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O tratamento para parar de fumar é totalmente gratuito pelo SUS e nem todos os fumantes precisam fazer uso de medicamentos para acabar com o vício. “Alguns param de fumar só com acompanhamento psicológico. Depende do grau de dependência da nicotina, que é avaliado pelo médico. Os pacientes que têm um grau de dependência maior precisam da medicação”, esclarece a chefe do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, Gerlane Carvalho.

Os hospitais de referência no Estado no combate aos tipos de câncer relacionados ao uso do tabaco – pulmão, esôfago e laringe – são o Napoleão Laureano, Oncoclínica e Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, e Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (Fap) e Hospital Universitário Alcides Carneiro (Huac), em Campina Grande.

Eventos

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) promove, nesta sexta-feira (29), uma série de atividades para lembrar o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Com o tema “Tabagismo passivo em ambiente familiar”, as ações serão realizadas das 8h às 17h, no Cais de Jaguaribe e no Conselho Regional de Medicina (CRM), ambos em João Pessoa.

De acordo com a programação, a partir das 8h, no Cais de Jaguaribe, haverá verificação de pressão arterial; teste de monoximetria (mede a concentração de monóxido de carbono nos pulmões); teste de Espirometria (mede a quantidade de ar que uma pessoa é capaz de inspirar ou expirar a cada vez que respira); teste de Fagerstrom (auxilia a estimar o grau de dependência da nicotina); apoio psicológico; orientação nutricional; saúde bucal; orientação e informação do tratamento do tabagismo; alongamento e orientações sobre atividade física, além de exposição de peças anatômicas (pulmões) e distribuição de material educativo.

A partir das 14h, no auditório do CRM, serão realizadas palestras com o objetivo de destacar a importância da prevenção e do controle do tabagismo e seus fator de risco, bem como divulgar o Programa Nacional de Controle do Tabagismo para tratamento na Rede SUS. O público será formado por profissionais da saúde e educação e estudantes universitários da área da saúde e ainda profissionais que trabalham com o PSE (Programa Saúde na Escola).

Os temas das palestras serão “Programa Nacional de Controle do Tabagismo na Rede SUS”, ministrada pela coordenadora do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, da SES, Gerlane Carvalho; “Morbimortalidade por doenças tabaco relacionadas e tratamento do tabagismo: abordagem cognitivo – comportamental e tratamento medicamentoso”, com o pneumologista Sebastião Costa, e experiência exitosa do tratamento do tabagismo no Cais de Jaguaribe, com a enfermeira Luciana Martins.

 

Portal Correio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627