Para melhorar o casamento, use mais as palavras parabéns e obrigado.

Publicado em domingo, Maio 1, 2011 ·

gentileza_260411183718Conduzindo uma pesquisa com casais sobre relacionamento, divisão do trabalho e a importância da comunicação no casamento , Jess Alberts, professor titular de uma universidade do Arizona, perguntou a um marido: “Como você reconhece e agradece à sua esposa pelo trabalho que ela faz para manter a casa?”

E a resposta: “Não preciso dizer. Ela deve saber, …eu acho”.

Parece que não, mas a divisão injusta -ou pior, a falta de divisão- no trabalho de manutenção da casa é uma das mais freqüentes causas de conflito no relacionamento de um casal, especialmente quando ele já parte do princípio que isso é tarefa dela.

Nos Estados Unidos, onde a pesquisa foi feita, é muito comum os homens ajudarem suas companheiras nas tarefas domésticas. Mas mesmo lá, ainda hoje, as estimativas mais conservadoras dão conta de que as mulheres realizam mais de 70% das tarefas domésticas. Imagine aqui!

O sociologista Arlie Hochschild, afirma que dividir o trabalho doméstico é sim muito importante. E reconhecer o trabalho da companheira é ainda mais importante. Segundo o pesquisador, as mulheres sentem, ainda que não percebam isso, que realizar bem o trabalho doméstico é uma forma de atenção com o companheiro. E quando ele não reconhece isso, um sentimento ruim de insatisfação ataca até as pessoas mais bem resolvidas.

A pesquisa de Jess Alberts concluiu que não é apenas a divisão injusta das tarefas domésticas, mas principalmente a falta de reconhecimento e gratidão acaba por afetar negativamente o relacionamento do casal. Frases como estas abaixo apareceram o tempo todo na pesquisa:

Ela:
“Enquanto ele estava lendo, ou vendo o jogo, eu limpei, lavei e arrumei a casa toda! Não é possível que ele não tenha visto”!

E ele:
“Eu não percebi que a casa estava desarrumada e nem ví que ela fez isso tudo”

Para a mulher já é bastante ruím que o parceiro não perceba quando a casa está precisando de uma boa arrumada. Mas é pior ainda que ele não perceba que ela fez o serviço todo.

A pesquisa demonstrou também que cada pessoa tem um nível diferente de intolerância à desarrumação e ao momento em que um determinado serviço doméstico não pode mais esperar. Por exemplo, se João se incomoda quando um cesto de lixo já está quase cheio, enquanto Maria nem nota até que ele transborde, é provável que João esvazie o cesto antes de Maria perceber. E que ele acabe ficando responsável por fazer este serviço pelo resto da vida.

Os pesquisadores concordam que o melhor é evitar que o problema aconteça logo no início do relacionamento. E a melhor forma de conseguir isso é conversando abertamente sobre a divisão dos serviços domésticos.

Ah… , e uma palavra de agradecimento e de reconhecimento sempre vai bem. Então, por favor, nada de economizar gratidão: palavras como “parabéns” e “obrigado” continuam tendo enorme poder. Inclusive em benefício do casamento.

terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627