Papa quer que o mundo escute o grito dos que sofrem com a violência

Publicado em sexta-feira, outubro 4, 2013 ·

papaO papa Francisco pediu ao mundo que escute “o grito dos que choram, sofrem e morrem por causa da violência”, durante uma missa celebrada nesta sexta-feira em Assis (centro da Itália), a cidade de São Francisco, o santo dos pobres.

“Te pedimos, Francisco, que nos ensine a ser instrumentos da paz”, disse o pontífice ao suplicar diante de 100.000 peregrinos “pelo cessar dos conflitos armados que ensanguentam a terra na Síria e no Oriente Médio”.

Em um altar de madeira, instalado na praça da basílica de São Francisco, ao lado de vários bispos e dos oito cardeais que o assessoram na reforma da Igreja, o papa pediu “paz e harmonia para o mundo”.

Francisco também saudou cordialmente o primeiro-ministro italiano, Enrico Letta, que assistiu à missa.

“Oremos pela Itália, para que prevaleça o que os une sobre o que os divide”, disse.

 

No dia do padroeiro da Itália, o papa ilustrou a vida do santo italiano, que abriu mão de todos os bens e viveu em estrita pobreza, virando um símbolo da paz.

 

“A paz franciscana não é um sentimento doce. Este São Francisco não existe. Nem uma harmonia panteísta com a energia do cosmos. Tampouco isto é franciscano”, explicou o papa.

“A paz de Francisco é a de Cristo: ‘Amai-vos uns aos outros’. Este jugo só pode ser levado com humildade de coração”, completou.

“O homem está chamado a proteger o homem: que o homem esteja no centro, não os ídolos que criamos”, disse.

O papa pediu o entendimento sobre o “espírito de Assis” e lamentou a tragédia de Lampedusa, onde morreram em um naufrágio pelo menos 130 imigrantes africanos e outros 200 estão desaparecidos, a maioria somalis e eritreus, que fugiam de conflitos e guerras.

AFP

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627