Papa irá a Suécia para comemoração dos 500 anos da Reforma Protestante

Publicado em quarta-feira, setembro 7, 2016 ·

papaO Papa irá a Lund, na Suécia, em 31 de outubro próximo, num evento que marcará o início das celebrações dos 500 anos da Reforma Protestante. A viagem marca o retorno de um Pontífice ao país escandinavo após 27 anos.

Francisco chegará ao Aeroporto de Malmö, de onde seguirá para a Catedral de Lund – onde haverá uma celebração – e após irá à Arena de Malmö.

Depois de passar a noite em local ainda não revelado, no sul da Suécia, Francisco presidirá, em 1º de novembro, uma missa, reunindo parte dos católicos do país. O local da celebração ainda não foi determinado, mas será na região de Malmö.

Segurança

A polícia sueca passou os últimos meses se preparando para a rara visita papal e oficiais de todos o país foram chamados para reforçar o trabalho das forças de ordem regionais do sul.

“Esperamos um grande número de pessoas, mas todas as partes envolvidas acham ser difícil estimar quantos serão, precisamente porque não temos experiências recentes de visitas aos países nórdicos”, declarou à Agência TT Mats Karlsson, que está no comando das operações da polícia durante a visita.

Sua equipe está se preparando para uma série de diferentes cenários, incluindo paradas improvisadas do Papa Francisco ao longo de seu trajeto de Lund para Malmö.

Imprevisibilidade favorece segurança

“Pelo que entendemos até agora, o Papa é um pouco imprevisível”, disse Karlsson, mas acrescentou que a incerteza também pode trabalhar a favor da segurança. “Isso torna mais as coisas mais difíceis para um criminoso, porque ninguém sabe onde ele vai querer parar o carro e sair”, afirmou à TT.

“Fazemos análises de risco, verificamos os locais para avaliar a vulnerabilidade, as ameaças possíveis, todo o espectro des possibilidades. E nós estamos trabalhando para reduzir aqueles riscos que podem ser reduzidos”.

João Paulo II

A última vez que a Suécia teve a visita de um Pontífice foi quando João Paulo II celebrou uma missa para 16 mil pessoas no Globe Arena de Estocolmo, em 1989. Ele também fez uma visita ao túmulo de Santa Brígida, primeira Santa da Suécia.

A viagem realiza-se no âmbito do 500º aniversário da Reforma, que começou quando Martinho Lutero pregou suas 95 teses em latim na porta da Igreja de Todos os Santos em Wittenberg, Alemanha.

A Suécia, que se separou da Igreja Católica no século 16, tem uma forte herança luterana, apesar de ser um dos países mais secularizados do mundo.

Em 5 de junho passado, uma delegação ecumênica da Suécia esteve presente no Vaticano para a canonização de Maria Isabel de Hasselblad, fundadora da Ordem do Santíssimo Salvador de Santa Brígida. Ela havia sido beatificada pelo Papa João Paulo II em 9 de abril do ano 2000.

Reuters

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627