Outubro Rosa alerta que câncer de mama mata 3 homens e muitos não sabem que têm doença

Publicado em terça-feira, outubro 1, 2013 ·

A campanha Outubro Rosa começa nesta terça-feira (01) com um alerta aos homens, feito pela mastologista Joana Barros: o câncer de mama já matou este ano na Paraíba três pessoas do sexo masculino e esses óbitos já representam mais de 2% em relação ao total de 140 mortes registradas pelo Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), mais do que o dobro da média de casos. Para a médica, o dado mostra uma mortalidade maior entre os homens com a doença pela demora no diagnóstico e porque muitos sequer sabem que podem ter esse tipo de tumor. Pelo 2º ano, a campanha mundial de combate ao câncer de mama tem o apoio do Sistema Correio e da Fundação Solidariedade.

Aliás, melhorar a saúde da mulher é um dos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), instituídos pela ONU.

Segundo o SIM, de 1999 a este ano, o tumor de mama já matou 2.114 pessoas na Paraíba, das quais 35 do sexo masculino (1,65%). Na Paraíba, em 1999, os óbitos masculinos chegaram a 5,3% do total registrado, caindo para 0,4% no ano passado e aumentando para 2,14% este ano.

Correio apoia e destaca Objetivos do Milênio

O Sistema Correio de Comunicação está apoiando a campanha pelo 2º ano consecutivo. A fachada do Correio, na Capital, será iluminada de rosa e, durante o mês, serão publicadas matérias sobre o tema. A Fundação Solidariedade – braço social do Correio – aproveitará o mês para lembrar dos ODM número 5 e 6. Os Objetivos do Milênio foram criados pela Organização das Nações Unidas (ONU) e adotados pela Fundação. O objetivo 5 visa melhorar a saúde da mulher e o 6 diz respeito ao combate de HIV/AIDS, malária, e outras doenças.

O movimento do Outubro Rosa surgiu em 1990, quando foi promovida em Nova Iorque a 1ª ‘Corrida pela cura’. Em 1997, outras cidades dos Estados Unidos começaram a lançar em outubro ações de prevenção e diagnóstico do câncer de mama. Hoje é realizado em vários lugares do mundo. A ONG Amigos do Peito trouxe a campanha para João Pessoa em 2011. A cor rosa simboliza a campanha, e empresas que aderem ao movimento usam a cor em prédios ou em produtos.

Leia a matéria completa na edição desta terça-feira no Jornal CORREIO DA PARAÍBA.

Palácio da Redenção ganha iluminação especial para campanha ‘Outubro Rosa’

O Palácio da Redenção, sede do poder executivo da Paraíba, ganhou novos tons em sua fachada, na manhã desta terça-feira (1º). O prédio histórico ganhou iluminação cor-de-rosa e laços da mesma cor, símbolos da campanha de prevenção ao câncer de mama ‘Outubro Rosa’, promovida pela ONG Amigos do Peito, com o apoio do Governo do Estado. O Palácio foi o primeiro dos diversos prédios públicos que vão integrar a campanha, neste mês, fruto da parceria entre a ONG e as secretarias de Estado da Saúde, da Mulher e Diversidade Humana e da Comunicação Institucional.

A ONG, com o apoio do Governo do Estado, vai produzir camisetas, faixas e peças publicitárias sobre o tema da campanha, que será disseminado também pelas redes sociais. Panfletos sobre câncer de mama e outros materiais informativos serão distribuídos com a população.

De acordo com a secretária de Estado da Comunicação Institucional, Estela Bezerra, o Governo do Estado participa da campanha por entender a importância da mobilização social e o diagnóstico precoce do câncer de mama. “Por isso, temos buscado garantir a assistência digna e eficiente. Por esse motivo, iremos abrir o Hospital de Oncologia em Patos. Implantamos o mamógrafo em Guarabira, Patos e Catolé do Rocha. Exames fundamentais na detecção do câncer de mama na faixa etária de maior incidência da doença”, explica a secretária.

De acordo com Charlene de Oliveira Pereira, psicóloga sanitarista da Linha de Cuidado Saúde da Mulher, da Secretaria de Estado da Saúde, o evento, de alcance mundial, pretende sensibilizar e alertar a população sobre a importância da detecção precoce do câncer de mama. “A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes e teatros assumiu importante papel na campanha, pois se tornou uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo”, explica.

Origem – Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi, nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas à prevenção do câncer de mama, denominando essa mobilização de ‘Outubro Rosa’. A primeira iniciativa no Brasil foi a iluminação do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista (mais conhecido como o Obelisco do Ibirapuera), situado em São Paulo (SP). No dia 2 de outubro de 2002, quando foram comemorados os 70 anos do encerramento da revolução.

Palácio da Redenção, Outubro RosaFoto: Palácio da Redenção, Outubro Rosa
Créditos: Divulgação

 

Jornal Correio da Paraíba/Por Bárbara Wanderley

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627