Operação Lava-jato: ‘Ele não tinha o direito de usar meu gabinete para resolver problemas pessoais’, diz Cícero ao demitir assessor

Publicado em sexta-feira, setembro 12, 2014 ·

ciceroO senador paraibano Cícero Lucena revelou que demitiu Luiz Paulo Gonçalves de Oliveira, que era seu assessor há oito anos por conta das suspeitas de que ele teria tido uma passagem de avião paga pelo doleiro Alberto Yousseff.

Segundo Cícero, o assessor confessou que uma empresa teria pago sua passagem, mas que ele teria usado isso de forma pessoal.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Em janeiro de 2012, em recesso do Senado e férias particulares ele foi convidado pelo cunhado dele, assessor do senador Ciro Nogueira, para ir a São Paulo resolver um problema particular. O erro dele foi que a passagem foi paga por conta desta empresa, embora não tenha tido nenhum desdobramento. Ele pediu desculpas por ter deixado um cartão de visitas de assessor do meu gabinete no local onde foi resolver este problema”, disse.

Cícero disse que espera que ele prove sua inocência. Até lá, Luiz Paulo não responde mais como assessor do senador.

“Ele vai ter o tempo de provar que é inocente, mas ele não tinha o direito de usar meu gabinete como cartão de apresentação para resolver problemas particulares”, disse.

João Thiago e Fernando Braz

Comentários

Tags : , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627