OAB-PB discute com juízes e servidores viabilidade do cartório unificado nas Varas de Família

Publicado em terça-feira, julho 12, 2016 ·

oabO presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), e uma comitiva de advogados, visitaram, na tarde desta segunda-feira (11), o Fórum Cível de João Pessoa para discutir com magistrados e servidores a viabilidade da implantação dos Cartórios Unificados na Varas de Família de Capital de Campina Grande, proposto pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). No início do mês de junho, a OAB-PB realizou audiência pública para discutir o tema.

A comitiva da OAB-PB foi recepcionada pelo diretor do Fórum, o juiz Inácio Jairo Queiroz.  “A visita das futuras instalações das varas unificadas de Família serviu, não apenas para que a Direção da OAB-PB tomasse conhecimento da dinâmica in loco, mas também para que os advogados que atuam nas Varas de Família viessem verificar a manifestação dos servidores acerca do funcionamento. Houve uma troca de idéias, pensamentos e apresentação de sugestões, de ambas as partes”, afirmou o presidente da OAB-PB, Paulo Maia.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Paulo Maia ressaltou com a visita a OAB-PB dá continuidade ao pedido de providência, impetrado pela Instituição junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), para disciplinar a instalação da Varas de Família em João Pessoa e Campina Grande no modelo unificado.

“A OAB-PB está visitando hoje as instalações físicas do que serão as secretarias em que funcionarão os cartórios de família no modelo unificado e  após serem estabelecidas as condições objetivas para seu funcionamento, estas serão reduzidas a termo e constarão na petição que será apresentada ao Conselheiro Relator do Pedido de Providências no CNJ, ficando ressalvado um período de avaliação da viabilidade ou não desse modelo para depois apoiar ou não definitivamente a implantação. Tudo depende a viabilidade do modelo”, sustentou.

“Acreditamos que esse projeto pode atender as expectativas do jurisdicionados e advogados. Queira Deus que o projeto seja exitoso. A OAB torce por isso. Ela não torce pelo insucesso, por que sabe que quem pagará um preço alto pelo insucesso dessas varas são os advogados e jurisdicionados”, acrescentou.

Assessoria

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627