O planeta agredido cobra a conta

Publicado em quinta-feira, novembro 9, 2017 · Comments 

(Karlos Thota/2017)

ELEVADAS TAXAS DE CRESCIMENTO DAS DOENÇAS PROVOCADAS POR AMBIENTES POLUÍDOS, PODEM TRANSFORMAR NOSSO PLANETA NUM TÚMULO ÚNICO DA ATUAL HUMANIDADE CAÓTICA, OMISSA E SUICIDA.

Até anos próximos da data 1780, os sistemas de produção de bens de consumo eram manuais e, por isso, este sistema foi chamado de manufatura.

A partir dos anos 1780, a produção passou a ter crescente mecanização, notadamente com a invenção das máquinas a vapor que se espalharam por muitos países, otimizando os processos industriais
e sendo o início do período que veio a ser chamado de Revolução Industrial.

Com esse novo sistema, os recursos naturais passaram a ser utilizados em larga escala para atender a fabricação e exportação de produtos, provocando elevados volumes de poluentes como poeira, fuligem, gases e resíduos sólidos não degradáveis, além de vários subprodutos químicos,
biológicos e radioativos, nos líquidos jogados na natureza sem os cuidados devidos.

Na época atual o planeta Terra, que é o único habitat dos seres humanos, vem sofrendo, acumuladamente, em mais de 200 anos, as descomunais agressões dos desenfreados métodos de produção de qualquer coisa que seja vendável, e gere os lucros capazes de gerar capitais que financiarão as pesquisas para lucros mais elevados.

Os recursos naturais existentes em todos os continentes, quer sejam terrestres, marinhos, fluviais ou atmosféricos, estão com alarmantes taxas de poluição, que se agravam a cada dia, produzindo desequilíbrios generalizados e profundamente ameaçadores para a sobrevivência da humanidade, que precisa agir rápido para não sucumbir por asfixia ou envenenamentos, devolvidos pelo planeta Terra, que cobra a conta.

ELEVADAS TAXAS DE CRESCIMENTO DAS DOENÇAS PROVOCADAS POR AMBIENTES POLUÍDOS, PODEM TRANSFORMAR NOSSO
PLANETA NUM TÚMULO ÚNICO DA ATUAL HUMANIDADE CAÓTICA, OMISSA E SUICIDA.

Tags :




outras notícias