Número de mortes por dengue na PB já é o dobro do registrado em 2010

Publicado em segunda-feira, setembro 12, 2011 ·

dengue1Nos nove meses deste ano, seis pessoas morreram na Paraíba com dengue, de acordo com o boletim divulgado nesta segunda-feira (12) Secretaria de Estado da Saúde (SES). O número de óbitos já é o dobro do que foi registrado em 2010. Até o dia 3 de setembro foram registrados 12.157 casos de dengue na Paraíba.

Dos casos confirmados em 2011, dois foram em João Pessoa e um nos municípios de Guarabira, Caturité, Catolé do Rocha e Campina Grande. O primeiro óbito confirmado foi registrado em abril. A vítima foi o piloto Valdy Araújo Gama, de 65 anos, de Campina Grande. No ano passado foram registradas três mortes. Os casos ocorreram em João Pessoa, Areial e Campina Grande.

Mesmo com o dobro de mortes pela doença no estado, a SES informou que o número de casos de dengue deve diminuir com a chegada do verão. A secretaria também alertou que o Governo segue monitorando os casos, acompanhando e realizando ações de caráter preventivo e educativo em parceria com os 223 municípios. Também estão sendo feitas visitas técnicas às gerências regionais de Saúde, onde são oferecidas capacitações e oficinas de orientação sobre a doença.

Dos 12.157 casos confirmados da doença, 6.787 foram de dengue clássica. Outros 110 de dengue com complicações e 93 de febre hemorrágica da dengue.

Medidas para evitar a doença
A SES informou que segue alertando sobre a importância de algumas medidas simples para evitar a proliferação do mosquito transmissor da doença, como tampar as caixas d’água; guardar os pneus em local coberto e seco; não deixar que as garrafas acumulem água, colocando-as sempre com a boca para baixo; observar sempre as calhas para ver se existe água acumulada, e colocar areia nos pratos das plantas.

Do G1 PB

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627