No limite: Fla joga sob pressão pelo G-5. Dragão tenta se garantir na elite

Publicado em domingo, novembro 20, 2011 ·

ronaldunhoA estrada que levava ao título foi sumindo, sumindo, até ficar longe, lá para trás. O rumo do Flamengo no Campeonato Brasileiro mudou. Na marra. Com a vitória do Vasco sobre o Avaí neste sábado, as chances matemáticas de título acabaram para o Rubro-Negro. Depois do empate frustrante e sem gols com o Figueirense no meio de semana, o time de Vanderlei Luxemburgo aperta o passo para achar o caminho da Libertadores do ano que vem. E tem que ser rápido. Com a vitória do São Paulo sobre o América-MG, o Fla caiu para a sexta posição, com 56 pontos. E mais: se não vencer na 36ª rodada, corre o risco de ser ultrapassado por Botafogo ou Inter, que se enfrentam no Rio.

Neste domingo, a equipe carioca visita o Atlético-GO, no Serra Dourada, em Goiânia. Visitante que tem tudo para sentir-se em casa, como disse Hélio dos Anjos. O técnico do Dragão garante que o adversário terá maioria da torcida nas arquibancadas.

O Atlético-GO vive situação tranquila neste Brasileirão e oscila entre a 10ª e a 12ª posições desde a 21ª rodada. Com 43 pontos, o time goiano está em 12º, a cinco da zona de rebaixamento. O jogo tem peso dobrado: eliminar de vez o risco de queda para a Segunda Divisão e ficar muito perto de uma vaga na Copa Sul-Americana. Os donos da casa, no entanto, não vencem desde a 30ª rodada. De lá para cá, foram quatro derrotas e um empate.

A partida começa às 17h (de Brasília). O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real, com vídeos exclusivos. A Rede Globo transmite para os estados do RJ, ES, GO (exceto Goiânia), TO, AL, PB, RN, PI, PA, AM, RO, RR, AC e AP, além da cidade de Balsas-MA. O PFC mostra para todo o Brasil.
header as escalações 2

Atlético-GO: Hélio dos Anjos gostou da postura da equipe goiana diante do Santos, na última rodada. Mesmo pressionado durante boa parte da partida e com um jogador a menos em campo, o Dragão só sofreu o gol de empate aos 50 minutos do segundo tempo. Sendo assim, a base do Atlético-GO será mantida, embora o treinador não tenha confirmado a escalação. A principal dúvida está entre Marino e Pituca no meio-campo. Gilson retorna de suspensão na zaga. O time: Márcio, Rafael Cruz, Anderson, Gilson e Thiago Feltri; Pituca (Marino), Ernandes, Bida e Joilson; Juninho e Marcão.

Flamengo:
Vanderlei Luxemburgo não fez nenhum treino tático após o jogo contra o Figueirense. O goleiro Felipe retorna depois de cumprir suspensão. Nas demais posições, o time deve ser o mesmo que foi vaiado na última quinta-feira: Felipe, Léo Moura, Alex Silva, David Braz e Junior Cesar; Airton, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid.

quem esta fora (Foto: arte esporte)

Atlético-GO: Agenor, Anselmo e Leonardo estão suspensos.

Flamengo:
o volante Luiz Antonio se recupera de cirurgias nos ombros e só volta em 2012. O meia Darío Bottinelli também só estará à disposição na próxima temporada. Ele se recupera de uma lesão no pé esquerdo.

header pendurados (Foto: ArteEsporte)

Atlético-GO: Diogo Campos, Joílson, Rafael Cruz e Vítor Júnior.

Flamengo:
Gustavo, Júnior Cesar, Muralha, Rodrigo Alvim, Ronaldo Angelim e Welinton.

header o árbitro (Foto: ArteEsporte)Paulo César Oliveira (Fifa/SP) apita a partida, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Marcio Luiz Augusto (SP). Ao todo, Paulo César participou de 16 jogos, aplicou 75 cartões amarelos (média de 4,6) e três vermelhos (média de 0,1), marcou 585 faltas (média de 36,5) e três pênaltis no Campeonato Brasileiro, que registra média de 5,1 amarelos, 0,3 vermelho e 35,5 faltas. Destes amarelos, 37 foram para mandantes e 38 para visitantes. Ele apitou quatro jogos do Dragão e dois dos cariocas na Série A deste ano: Atlético-GO 4 x 1 Ceará, pela quarta rodada, América-MG 1 x 2 Atlético-GO, pela 19ª, Atlético-GO 1 x 0 Atlético-MG, pela 24ª, Avaí 2 x 2 Atlético-GO, pela 29ª, Cruzeiro 0 x 1 Flamengo, pela 14ª, e Atlético-MG 1 x 1 Flamengo, pela 25ª.

header fique de olho 2

Atlético-GO: ninguém é artilheiro de uma mesma equipe por quatro anos consecutivos por acaso. Contratado em 2008, o atacante Marcão foi o artilheiro da Série C do Campeonato Brasileiro pelo Atlético-GO, com 25 gols. Nas duas temporadas seguintes, o jogador foi novamente o goleador máximo do Dragão. Em 2011, Marcão fez apenas dois gols no Campeonato Brasileiro, sendo o último marcado há cinco meses, contra o Atlético-MG. Mesmo assim, ele ainda é o principal artilheiro do Atlético-GO no ano, com 16 gols marcados. Com artilheiro não se brinca. Marcão será titular neste domingo na vaga de Anselmo, suspenso.

Flamengo:
Renato deixou o campo na última rodada sob muitas vaias. Substituído apenas pela terceira vez na temporada, o camisa 11 disse após o jogo contra o Figueira que não havia entendido o motivo dos protestos, mas respeitava. Neste sábado, no treino do Fla em Goiânia, ele teve uma longa conversa com Vanderlei Luxemburgo. Se for mantido entre os titulares, vai jogar sob pressão.header o que eles disseram

Hélio dos Anjos, técnico do Atlético-GO:
“Infelizmente, o Flamengo vai jogar como se estivesse no Maracanã, já que sua torcida será maioria no estádio. Mas nós temos que administrar isso. Precisamos manter nossa simplicidade para buscar o melhor resultado. Será um jogo decisivo para o Flamengo, que busca uma vaga na Libertadores e terá dois clássicos nas últimas rodadas. Mas será uma partida decisiva para nós também. Creio que uma vitória nos garante não só a permanência na Primeira Divisão, mas também uma vaga na Copa Sul-Americana”.

Léo Moura, lateral-direito do Flamengo: “Vai ser um jogo muito importante. Estamos na reta final e agora temos de vencer. Nosso grupo está bem preparado e querendo a classificação para a Libertadores. É um time (Atlético-GO) muito bem montado e com jogadores que podem fazer a diferença. Vamos estar atentos para conseguirmos um bom resultado”.

header números e curiosidades

* Computando apenas a classificação do segundo turno, a diferença entre Flamengo e Atlético-GO é de dois pontos a favor do time carioca. Em 16 rodadas, o Fla soma 20 pontos (5v/5e/6d), enquanto o Dragão fez 18 (4v/6e/6d). O Fluminense, com 34 pontos, é o líder da segunda metade do campeonato.

* As equipes rubro-negras se enfrentaram apenas cinco vezes na história do Campeonato Brasileiro: três vitórias do Fla, um empate e uma vitória do Atlético.

* Na história do Brasileirão, o Flamengo disputou 20 jogos na cidade de Goiânia, enfrentando 18 vezes o Goiás e duas vezes o Atlético. Na capital goiana, o Fla obteve cinco vitórias, nove empates e sofreu seis derrotas. Foram 23 gols marcados e 23 sofridos.

header último confronto v2

Foi um baile. Numa noite em que deu tudo errado para o Flamengo e tudo certo para o Atlético-GO, caiu o último invicto do Brasileirão 2011, em 18 de setembro, no Engenhão. Com inteligência, eficiência e todos os méritos, o Dragão, que ocupava apenas a 15ª colocação quando entrou em campo, derrotou o vice-líder com facilidade, por 4 a 1, e ficou mais longe da zona do rebaixamento. Uma estreia de gala para o técnico Hélio dos Anjos, na primeira vitória do clube goiano em solo carioca na história da competição.

Completamente atordoado no esquema com três zagueiros – entre eles o estreante Alex Silva – o Fla perdeu sua invencibilidade de 16 jogos no campeonato de maneira surpreendente e melancólica na 17ª rodada.

Globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627