Napoleão Laureano pede doações de televisores ou conversores para instalar nas enfermarias

Publicado em terça-feira, março 13, 2018 · Comments 

O Hospital Napoleão Laureano (HNL), que é referência no tratamento ao câncer na Paraíba, pediu a doação de televisores ou conversores de imagem e antena para instalar nas áreas comuns, pois a partir do dia 30 de maio o sinal analógico será revogado deixando somente em uso o sinal digital. Essa mudança tornará os equipamentos analógicos da unidade obsoletos.

As televisões ajudam no entretenimento dos pacientes da instituição que passam a maior parte do tempo deitados nas enfermarias. “A televisão é uma forma de entreter nossos pacientes e de distraí-los, pois suas condições físicas e mentais geralmente estão bastante debilitadas. A doação dos conversores ou TVs podem ajudar a reverter o quadro de alguns de nossos internos, pois a distração ajuda na recuperação”, disse o presidente da Fundação Napoleão Laureano, Carneiro Arnaud.

O Hospital Napoleão Laureano é uma entidade filantrópica e de utilidade pública Federal, Estadual e Municipal que tem por finalidade tratar de pessoas portadoras de enfermidade neoplásicas. Maior parte dos pacientes atendidos (90%) pela unidade hospitalar vem através do Sistema Único de Saúde (SUS). O Laureano necessita de doações para manter toda a sua estrutura.

Câncer – O câncer deve atingir 9.430 pessoas na Paraíba só este ano, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer José de Alencar (Inca). No Estado, a previsão é de que 1.170 homens sejam vítimas de câncer de próstata e 880 mulheres de câncer de mama. Já as neoplasias serão responsáveis por 6.840 novos casos entre homens e mulheres.

Mudança – A maior diferença entre o sinal analógico e digital é a qualidade de imagem onde o sinal analógico que é transmitido pelas antenas normais tende a ser falho e não possui suporte em alta definição; já o sinal digital não possui erros comumente encontrados no analógico, como: chamuscados, ruídos, sinal fraco e etc. O sinal digital é transmitido pelas antenas mais modernas existentes no mercado podendo ser adquiridas separadamente ou em alguns casos já vem embutidas nos aparelhos de televisão.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Tags :




outras notícias