Na Índia, Lula recebe prêmio por luta pela eliminação da pobreza

Publicado em sexta-feira, novembro 23, 2012 ·

 

Na Índia, Lula recebe prêmio por luta pela eliminação da pobreza O presidente indiano, Pranab Mukherjee, entregou o prêmio Indira Gandhi ao ex-presidente Lula (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nessa quinta (22) em Nova Déli, na Índia, o prêmio Indira Gandhi pela Paz, Desarmamento e Desenvolvimento 2010. Embora tenha sido escolhido para receber o prêmio há dois anos, Lula não pode ir à cerimônia por conta da descoberta e início do tratamento de um câncer na laringe em outubro de 2011. A cerimônia ocorreu no palácio presidencial indiano, com a presença do presidente Pranab Mukherjee, do primeiro-ministro Manmohan Singh, e da nora de Indira e presidente do partido Congresso Nacional Indiano, Sonia Gandhi.

O ex-presidente foi escolhido pelo júri do prêmio, de forma unânime, por sua “extraordinária contribuição para a causa da eliminação da pobreza e da promoção do crescimento inclusivo no Brasil, por sua forte defesa dos laços entre as nações em desenvolvimento e por sua contribuição singular para a causa da parceria Brasil-Índia”. Em seu discurso, Lula agradeceu o prêmio afirmando se tratar de um reconhecimento ao povo brasileiro, que “soube entender que só com muita paz e democracia, conseguiríamos liderar o país para o patamar que ele alcançou”.

O primeiro-ministro indiano ressaltou a posição do Brasil no cenário internacional, conquistada no governo Lula, além da reputação mundial do próprio ex-presidente. “O presidente Lula tem uma clara visão global. Ele é consciente da interdependência entre os países e de que a responsabilidade de um líder não termina na fronteira do seu país. Seu trabalho com a América Latina e a África ainda tocará muitas vidas nos próximos anos”. Lula ainda aproveitou o discurso para defender a inclusão do Brasil e da Índia no Conselho de Segurança da ONU.

O prêmio Indira Gandhi Pela Paz, Desarmamento e Desenvolvimento foi criado em 1986 e é concedido anualmente a pessoas ou organizações, “em reconhecimento a esforços criativos no sentido de promover a paz internacional e o desarmamento, igualdade racial, boa vontade e harmonia entre as nações; assegurar a cooperação econômica e promover uma nova ordem econômica mundial; acelerar um avanço abrangente das nações em desenvolvimento; assegurar que as descobertas da ciência e do conhecimento moderno sejam usadas para o bem maior da raça humana; e ampliar o alcance da liberdade e enriquecer o espírito humano”.

Fonte: Rede Brasil Atual
Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627