Música promove inclusão social de crianças e jovens em Sousa, Sertão paraibano

Publicado em segunda-feira, outubro 10, 2011 ·



No Brasil um dos projetos de inclusão social acontece sob o som das notas musicais. Milhares de crianças, adolescentes e jovens descobrem seu talento aprendendo tocar algum instrumento musical. São comuns as bandas filarmônicas, bandas marciais e nos últimos anos têm surgido jovens se dedicando à música erudita.

Amanda e Fabrícia, felizes com a música instrumental

Em Sousa, Sertão da Paraíba, o Instituto Acorde de Educação e Cultura acolhe crianças e jovens. A Orquestra de Câmara Pau Brasil, foi idealizada pelo maestro Espedito Lopes com o objetivo de levar às comunidades da periferia da cidade o ensino e a prática da música instrumental. São beneficiados com o projeto crianças e jovens de famílias de baixa renda.

Orquestra Pau Brasil

Em 2009 o projeto foi contemplado com recursos do Banco do Nordeste, através do BNB de Cultura. Foram adquirido instrumentos: violino, contrabaixo, viola de arco e cello. No ano de 2010 o patrocínio veio do programa Mais Cultura, do Ministério da Cultura.

Tudo começou, conta o maestro Espedito Lopes, com a formação de um coral e um grupo percussivo que utilizava latas para gerar sons. Eram meninos e meninas da comunidade Frei Damião, na periferia de Sousa.

Hoje a ONG Instituto Acorde de Educação e Cultura assiste a mais de 60 alunos que são direcionados ao estudo e à profissionalização musical. A garotada aprende a tocar flauta doce, trompete, sax, clarinete, flauta transversal, violino, viola, trombone, tuba, contrabaixo, cello, além de instrumentos de percussão.

Muito dedicado ao seu trabalho o maestro Espedito Lopes revela que a orquestra de câmara Acorde tem hoje como princípio fundamental e de maior repercussão, o estudo dos mais diversos gêneros musicais, o erudito, o regional e a música popular brasileira. Os jovens estudam e ajudam a divulgar a música instrumental.

Espedito Lopes revela que tem tido parcerias com a prefeitura de Sousa e com o programa Mais Educação do Governo do Estado, projetos que visam a aptidão musical nas escolas.

No dia 2 de outubro, por ocasião da posse de delegados do programa governamental Orçamento Democrático a Orquestra Pau Brasil fez apresentação no auditório do Centro de Treinamento de Professores Governador Antonio Mariz, em Sousa. Lá mostraram o talento os jovens Amanda, 17 anos, Fabrícia, 16, Lucas, 12, Henrique, 14, Felipe, 14, e José Hilton, 16 anos de idade.

Texto e fotos de Josélio Carneiro
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627