Municípios procuram 2 gestores honestos fiscalizados pelos benfeitores municipais

Publicado em segunda-feira, julho 25, 2016 ·

carlos totaUM GESTOR MUNICIPAL, HONESTO E EFICAZ, PODERÁ TER  STATUS E PRESTÍGIO DE GOVERNADOR E DE PRESIDENTE!

A palavra Prefeito vem do latim “praefectus” que significa uma pessoa que foi “posta acima das outras”, por ter competências e experiências, comprovadas por uma vida de trabalhos honestos.

Assim sendo, o termo ‘praefectus’ remete ao vocábulo português que designa alguém quase perfeito que veio a receber o título de Prefeito ou pré-feito (ato de estar à frente com ações efetivas).

Se o candidato não quiser ter as qualidades de “praefetcus”, ele poderá ser “patetectus”, “patifectus”, “maledectus”, “falsatectus”…

Ao longo da historia romana, o termo foi utilizado para designar os mais variados cargos administrativos, quer fossem eletivos ou nomeados pelo imperador, até mesmo pelo Senado.

Um indicativo da competência do candidato a prefeito é sua capacidade de escolha do candidato a vice na sua chapa.

Embora considere-se quase perfeito, o titular da chapa está sujeito aos entraves do dia a dia. Portanto, ele precisa dum vice que lhe seja leal, disponível e competentemente preparado para assumir todas as responsabilidades do mandato assumido.

Escolher alguém para vice com base em critérios puramente político-partidários, é lesar a legitimidade das promessas eletivas e a utilização antiética de votos que podem eleger um vice incompetente.

Deve o Prefeito, bem como seu Vice, participar das soluções saneadoras dos problemas e dificuldades que mais afligem o povo.

As atuações de cada gestor devem ser interdependentes, complementares e convergentes, visando as metas estabelecidas.

Gestores honestos não admitem assessores que não estejam comprometidos com suas obrigações, deveres e ações para atender o povo, em cujo nome exercem suas funções de servidores públicos.

A eficácia, numa administração humanizada, sustenta-se por um sistema meritocrático aonde a competência, para atingir e superar metas de desempenho, é a única garantia de permanência no cargo.

Prestação mensal de contas de TODAS as receitas recebidas pelo município, bem como de todas as despesas e dispêndios, devem ser apresentadas, aos cidadãos, de formas claras e detalhadas, para permitir ao povo (o verdadeiro patrão) acompanhar as qualificações da gestão econômico-financeiro-administrativa do Prefeito e do seu Vice.

O zelo pelos bens públicos recomenda que o Gestor municipal deva promover uma reforma administrativa eficaz que faça a fusão de secretarias, a fim de condensá-las no máximo em cinco nominações:

1> Secretaria de…….Serviços Sociais e Cidadania

2> ……………………………… Saúde e Meio Ambiente

3>…………………………….Infraestrutura e Agricultura

4>………………………….Educação, Cultura e Esporte

5>……………………Jurídico-financeiro-administrativa

Que deverão atuar em horário integral (dois turnos de 4 horas)

Exemplos de solidariedades explícitas seriam a aprovação pela Câmara Municipal, duma Lei que reduzisse a ZERO os salários e as gratificações, auxílios e verbas para representações; tanto do prefeito, quanto dos vereadores, delegados representantes do povo.

SE CONSIDERAM ESTA PROPOSTA UTÓPICA,  APROVEM OUTRA ONDE OS CORTES SEJAM APENAS PELA METADE.

QUEM ESTÁ PRECISANDO DE AUXÍLIO É O POVO MAIS POBRE DA PERIFERIA!  O GESTOR EFICAZ PRECISA É DE VOLUNTÁRIOS!

UM GESTOR MUNICIPAL, HONESTO E EFICAZ, PODERÁ TER STATUS E PRESTÍGIO DE GOVERNADOR E DE PRESIDENTE!

(Karlos Thotta/2016)

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627