Mulheres odeiam serem chamadas de dona de casa, diz pesquisa

Publicado em sábado, outubro 15, 2011 ·

mulher dona de casaCitar a expressão “dona de casa” é motivo de aborrecimento para muitas mulheres. Segundo pesquisa realizada com 2 mil delas pela rede de varejo inglesa Mothercare, elas odeiam o termo e preferem ser chamadas de “mães que ficam em casa”. Dois terços delas afirmaram que acham o termo negativo e que desmerece a tarefa de ser mãe em tempo integral. As informações são do site Female First.

Um terço classificou a expressão como um “insulto” e “ultrapassada”. A explicação para isso é que as entrevistadas desprezam a responsabilidade por todas as tarefas domésticas, acreditam que devem ser divididas igualmente entre os membros da família e querem ser responsáveis pela criação dos filhos e não pela casa.

As entrevistadas apontaram que suas prioridades são pensar em refeições balanceadas, cuidar do desenvolvimento em todos os aspectos, garantir a felicidade e o cuidados dos filhos. Mas apesar dessas aspirações, a maioria ainda é responsável por todas ou quase todas as tarefas, como lavar roupas, limpeza da casa, compras e organização.

“Acompanhamos a evolução do desenvolvimento dos papéis ao longo das décadas e, nos anos 1960, era normal esperar que as mulheres não investissem no trabalho e ficassem em casa para criar os filhos, mas desde então o estilo de vida e as tecnologias mudaram drasticamente, o que tornaram as tarefas domésticas responsabilidades de todos”, afirmou Liz Day, consultora da empresa.

Sete em cada 10 entrevistadas afirmaram que o papel das mães mudou no últimos 50 anos, mas que alguns desafios ainda permanecem. Por exemplo, metade delas revelou que os parceiros esperam que elas façam mais do esperado, já que não estão trabalhando fora e que sentem que outras pessoas as desprezam por escolherem ficar em casa.

Ponto a Ponto Ideias

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627