Mulher morre após fazer cirurgia plástica no interior de SP

Publicado em quarta-feira, maio 18, 2011 ·

mulher_siliconeUma mulher morreu de embolia pulmonar na Santa Casa de Monte Aprazível, no interior de São Paulo, após passar por uma cirurgia para troca da prótese de silicone. Ao se submeter ao procedimento, a professora aproveitou para fazer uma cirurgia plástica na barriga. Ela teve complicações e morreu horas depois. Segundo o médico que fez a cirurgia, a paciente estava bem e consciente.

O enterro da professora Silvia Akemi Harrimoto Barreto, de 54 anos, será realizado nesta quarta-feira (18), em Penápolis, cidade onde morava, também no interior paulista. Ainda muito abalados, parentes não quiseram dar entrevista. O marido da mulher, no entanto, confirmou que ela passou por uma cirurgia estética.

As complicações são causadas quando um coágulo de sangue se desprende e vai até o pulmão, o que impede a respiração do paciente. A ocorrência desta complicação é rara, mas é uma das causas de morte durante cirurgias plásticas. O paciente pode não saber que tem trombose, um dos fatores que causam a embolia durante a cirurgia.

G1

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627