Mulher grávida é assassinada, mas bebê de sete meses é salvo

Publicado em quarta-feira, Maio 4, 2011 ·

mulhermortaUm mulher grávida e o marido sofreram um atentado na manhã desta quarta-feira (4) em Sousa, no Sertão paraibano. Apesar da gestante não ter sobrevivido, uma equipe do Samu a socorreu e médicos do Hospital Regional da cidade fizeram uma operação cesariana e conseguiu salvar o bebê de sete meses. O companheiro dela, Claudemir Sarmento, de 23 anos, ficou ferido e submetido a uma cirurgia.

Conforme as primeiras informações do 14º Batalhão da Polícia Militar, Luana Maria da Silva, de 20 anos, foi assassinada por volta das 10h no bairro do Mutirão, por dois homens. Eles atiraram contra a mulher e Claudemir e fugiram numa motocicleta. O marido ainda teria se jogado na frente da esposa para tentar salvá-la, mas não conseguiu impedir que os tiros a atingissem.

Claudemir ainda saiu em uma moto em busca de socorro, mas caiu e foi levado por um morador da cidade para o hospital. Enquanto isso, a mulher dele, já morta, era atendida pelo Samu. Por meio de aparelhos clínicos, a equipe do Samu conseguiu detectar que o bebê ainda estava vivo.

Depois do parto no Hospital Regional, o recém-nascido, de sexo feminino, agora recebe cuidados médicos na Unidade de Terapia Intensiva.

O marido de Luana é conhecido em Sousa pelo apelido, ‘Mimi’. Ele trabalhava como mototaxista e já foi preso por assalto. Para a Polícia Militar, o ataque ao casal pode ter sido motivado por vingança ou acerto de contas.

paraiba1

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627