Mulher acusa cachorro de racismo após ataque contra filha

Publicado em terça-feira, fevereiro 26, 2013 ·

Imagem ilustrativa de um cão da raça que atacou a criança (foto da internet)
Imagem ilustrativa de um cão da raça que atacou a criança (foto da internet)

Pam Nkosi, uma mãe negra da cidade sul-africana de Honeydew, acusa de racismo o cachorro do vizinho, que invadiu o quintal da sua casa para morder a filha de 7 anos. As informações são do site News24.

“Para mim ficou claro que o cão é racista. Pelo modo que agiu, ele não está acostumado com outras raças”, declarou Nkosi.

Segundo o relato, o cão, um bull terrier, invadiu o quintal da sua casa e mordeu a criança na altura dos joelhos. O animal vive com Sean Norman, de família branca.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Um exame realizado a pedido da polícia confirmou que a mordida foi realizada pelo cachorro de Norman. O vizinho, no entanto, diz que a garota foi ferida por outro animal e se recusou a auxiliar nas despesas médicas.

Segundo Nikosi, o cão não estava vacinado e foi provavelmente instigado pelos donos para atacar sua família. Autoridades locais investigam o caso.

Terra

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627