MP desenvolve ressocialização de presos em Araruna

Publicado em domingo, julho 17, 2011 ·

ana pordeusO trabalho de ressocialização nos presídios tem sido uma das principais ações da Promotoria de Araruna. Para isso, a execução penal é em dia e a promotora Ana Maria Pordeus comparece várias vezes na cadeia pública, visitas de surpresas. Mas são as ações sociais, que a promotora considera importante para que os presos e seus familiares possam se integrar e o apenado se ressocializar.

A promotora procura comemorar as datas importantes com os presos e promove confraternizações no Dia das Mães, Dia dos Pais, Semana Santa e Natal, além de passar uma tarde de domingo por mês na Cadeia Pública, onde exibe filmes, a Missa do Padre Marcelo e promove palestras com psicólogos, advogados e profissionais da área de saúde.

“Sempre comemoro com os presos as datas importantes. Carnaval não, porque é uma festa que envolve bebida. Fazemos uma almoço especial toda Sexta-feira Santa. No Dia das Mães e Dia dos Pais, compro presentes para que os filhos presenteiem. Todas as despesas são por minha conta, não peço nada a ninguém”, disse a promotora.

Sobre as tardes de domingo que costuma passar na Cadeia, a promotora contou ter ficado emocionada com um rapaz chamado Josenilson, que foi condenado a mais de 20 anos de prisão por homicídio qualificado. Segundo conta, certo dia Josenilson ficou calado observando o trabalho da promotora na cadeia e depois disse: “Doutora Ana, eu estou aqui pensando no porquê da senhora estar aqui se preocupando com a gente, pessoas que estupraram, são ladrões, homicidas e latrocidas. Aqui só tem gente ruim. E a senhora perder uma tarde de domingo com a gente, ainda traz lanche e presente. Eu vou mudar a minha vida. De hoje em diante eu vou ser uma outra pessoa. A senhora nunca esqueça disso”.

Para Ana Maria Pordeus, o relato de Josenilson a motiva a continuar o seu trabalho social. As pessoas não são más, somos todos iguais, temos o mesmo potencial, a mesma capacidade. A diferença reside nas oportunidades. E o que provoca tudo isso, é a desigualdade e a injustiça social”, concluiu.

Ascom

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627