Meninos que jogam muito videogame têm ossos frágeis

Publicado em sábado, abril 5, 2014 ·

viegameAdolescentes que passam horas e horas em frente à TV jogando videogame têm ossos mais fracos do que aqueles que apreciam atividades ao ar livre, segundo estudo publicado no Congresso Mundial sobre Osteoporose, Osteoartrose e Doenças Osteomusculares. Isso significa que futuramente eles poderão sofrer fraturas com mais facilidade ou ter osteoporose. As informações são do Daily Mail.

O estudo analisou 463 meninas e 484 meninos com idades entre 15 e 18 anos na Noruega. Foram avaliados o estilo de vida de cada participante e a densidade óssea. Não surpreendentemente, pesquisadores descobriram que os entrevistados do sexo masculino passavam mais tempo no computador que as meninas.

Os resultados foram diferentes para os dois grupos. Enquanto as meninas que passam quatro horas em frente ao computador têm maior densidade óssea que as que passam menos de 1,5 hora, os meninos apresentam resultados contrários.

“Nossas descobertas são intrigantes para meninas e definitivamente merecem uma maior exploração em outros estudos e grupos populacionais. Os resultados para os meninos, por outro lado, mostram claramente que o sedentarismo durante a adolescência pode ter impacto sobre a densidade óssea”, disse Anne Winther, da Universidade Ártico.

Os ossos nascem continuamente desde o nascimento até o fim da adolescência, atingindo um pico de massa óssea (resistência máxima e tamanho) no início da idade adulta.

Segundo a Fundação Internacional de Osteoporose (IOF), cerca de um em cada cinco homens com idade superior a 50 anos vai sofrer uma fratura em decorrência da osteoporose.

Terra 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627