Megaeventos devem ser estratégia para potencializar artesanato paraibano

Publicado em sábado, outubro 29, 2011 ·

Consultor defende que Copa 2014 abrirá mercado para o setor, mas artesãos do Estado devem elaborar planejamento prévio para aproveitar oportunidades

sebrae-11A Copa 2014 já começou para o Brasil. Faltando pouco mais de 900 dias para o início dos jogos, o evento trará somente no período 600 mil turistas estrangeiros dispostos a gastar em serviços de turismo, entretenimento e presentes, com impacto direto total previsto de US$ 2,5 bilhões. Consultor em ‘Estratégias de Comercialização do Artesanato em Megaeventos’ e professor da UFPE, Tibério Tabosa, defende que esse é o momento para o setor do artesanato.

O especialista afirmou que megaeventos como a Copa tem impactos grandiosos tanto na infra-estrutura das sedes, assim como no setor de serviços, que nesse caso destacam-se os complexos de hotéis e pousadas, restaurantes e o artesanato local.

“No caso das oportunidades para o artesanato os atores devem buscar imprimir nas suas peças e produtos as identidades territoriais. Os turistas serão bombardeados com produtos industrializados e a opção por comprar um produto artesanal vai ser justamente por aquelas coisas que transmitam conteúdos que trazem a singularidade da experiência vivida”, destacou Tibério.

Tabosa marca presença no ‘Seminário da Cadeia Produtiva da Economia do Artesanato na Paraíba’, que acontece nesta segunda-feira, dia 31, no Sebrae, em João Pessoa, das 9h às 17h, e dará dicas de como fazer um planejamento estratégico para vendas em grandes eventos, focando a Copa 2014, assim como traçará o perfil desse consumidor.

O Seminário contará com a participação do economista Luiz Carlos Prestes Filho que mediará todo o evento e discutirá a Economia Criativa. O evento fará a formação de grupos de trabalho para definir soluções práticas para temáticas como comercialização, presença na internet, políticas publicas, propriedade intelectual e adequação do design para os públicos compradores.

As inscrições para o Seminário são gratuitas e podem ser feitas através da Central de Atendimento do Sebrae Paraíba, pelo 0800 570 0800. As vagas são limitadas.

Sebrae

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627