Médicos americanos comparam danos das salsichas aos causados pelo cigarro

Publicado em domingo, julho 31, 2011 ·

salsichasUm grupo de médicos em Washington D.C. está tentando alertar a população sobre a relação entre as salsichas e o câncer colorretal.

Comitê de Médicos para uma Medicina Responsável acaba de lançar um outdoor em Indianápolis com uma foto de cachorro-quente em um maço de cigarros com a mensagem “Cuidado: cachorros-quentes podem destruir sua saúde”.

Um estudo de 2007 do Fundo Mundial para Pesquisa de Câncer mostrou que 50 gramas de carne processada por dia (a mesma quantidade de uma salsicha de cachorro-quente) aumenta os riscos da doença em 21%.

– Os cachorros-quentes deveriam vir com um rótulo de advertência para ajudar os consumidores a avaliarem os riscos para a saúde – disse Susan Levin, diretora de nutrição do Comitê.

Já a Sociedade Americana de Câncer disse em nota que “não é necessário eliminar o consumo de carne vermelha ou processada, a mensagem certa é que esse tipo de alimento não deve estar sempre no cardápio”.

Julho é considerado o mês nacional do cachorro-quente, quando mais de um milhão de sanduíches são vendidos durante a tradicional corrida de 500 milhas de Indianapolis.

O Globo

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627