Medicamento tem bons resultados em pesquisa sobre Alzheimer

Publicado em sábado, julho 30, 2016 ·

AlzheimerPesquisadores da Universidade de McGill, no Canadá, descobriram que o fármaco experimental LMTM, da empresa TauRx Therapeutics Ltd., com sede em Cingapura, pode ter um efeito retardatário nos sintomas do Alzheimer. O medicamento foi desenvolvido para reduzir o acúmulo de proteínas tau no cérebro que, quando em grandes quantidades, provocam degenerações nos neurônios e, consequentemente, doenças como o mal de Alzheimer.

O ensaio clínico foi realizado com 891 pessoas com suspeita de Alzheimer e não mostrou nenhum resultado benéfico aos que tomaram até duas doses do medicamento ou um placebo. Segundo os pesquisadores, a maioria dos participantes associou o medicamento experimental a outros remédios para a doença.

Já um outro grupo, menor, com cerca de 100 pessoas, que tomava apenas o LMTM, mostrou um ritmo de atrofia reduzido. Os pesquisadores relataram neste grupo menor um benefício estatisticamente significativo nos resultados cognitivos e funcionais, e uma desaceleração da atrofia cerebral.

“Análises adicionais deram resultados muito alentadores e mostraram que os pacientes que tomaram o LMTM como monoterapia tiveram um declínio significativamente menor do que os pacientes de controle ou do que aqueles que tomaram o LMTM associado a outros tratamentos existentes para Alzheimer”, explicou Serge Gauthier, professor de neurologia na Universidade McGill e autor do estudo.

Os resultados são parte do primeiro ensaio completo de fase III com uma droga anti-tau para a doença de Alzheimer.

minhavida

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627