MEC reduz custeio e atrasa pagamento de bolsas na UFPB

Publicado em quarta-feira, agosto 10, 2016 ·

ufpbA decisão do Ministério da Educação de atrasar e reduzir os recursos para o pagamento de Bolsas Científicas, e ainda o custeio de projetos na Universidade Federal da Paraíba pode prejudicar os trabalhos nos Campi do Estado.

Para esta quarta-feira (10) é aguardado um posicionamento da Reitoria, por meio de nota, para explicar à comunidade universitária sobre a nova realidade.

Ontem, terça-feira (9), o clima foi de insatisfação dos Bolsistas e da Pró-Reitoria de Pós-Gradução que se articulou para preparar a Nota.

De acordo com site especializado, uma das principais agências federais que financiam a ciência no país, o CNPq, anunciou um corte de 20% nas suas bolsas de iniciação científica, destinadas a alunos que fazem pesquisa científica na graduação e, em menor quantidade, ainda no ensino médio.

Isso significa que a cada cinco alunos que poderiam receber bolsa, um deles ficará sem o benefício.

Com a nova medida, centenas de alunos podem perder os recursos. Acredita-se que nos Campi da UFPB, os cortes só devam ser iniciados a partir do próximo semestre, que acontece em janeiro de 2017.

PBAgora

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627