‘Me sinto poderosa’, diz candidata a Miss Bumbum que faz poser dance

Publicado em sábado, outubro 11, 2014 ·

patricia-oliveiraPatrícia Oliveira, candidata ao concurso Miss Bumbum representando o estado do Mato Grosso, trabalha desde os 18 anos como poser dance na noite. Aos 38 anos, a candidata mais velha da competição – que neste ano terá sua final no próximo dia 17, faz shows dentro de taças e é elevada por cabos de aço em boates GLS usando apenas nipples, aqueles tapa-mamilos que deixam pouco à imaginação. Ela contou que aprendeu a técnica na Europa, já fez shows na Espanha e na França., mas que no Brasil ainda a confundem com prostituta. “Já me ofereceram um valor altíssimo por uma noite. Recusei. O brasileiro ainda não reconhece que uma dançarina pode ser só uma dançarina!”, desabafa. Confira a entrevista completa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Patrícia Oliveira, candidata a Miss Bumbum representando o Mato Grosso (Foto: Mia Vargas/Divulgação)Patrícia Oliveira (Foto: Mia Vargas/Divulgação)

Como você descobriu a poser dance?
É estilo muito comum na Europa. É um show onde a dançarina realiza várias performances e intervenções dentro do mesmo show. Englobamos na mesma apresentação o pole dance, a performance dentro de uma taça e o tecido acrobático ou suspensão nos cabos de aço.  Faço isso há muito tempo, desde os meu 18 anos.

Como você começou? 
Na minha adolescência, dançava em banda de axé, em Minas Gerais, e no ano de 1996  eu fazia shows como cover da Feiticeira em um programa da TV local. Um empresário gostou do meu show e resolveu me levar para Portugal para fazer este show lá. Foi lá que descobri o poser dance e me apaixonei. No intervalo eu dava uma fugida e ia aos clubes locais de dança eletrônica e do povo GLS. Ficava vendo os show e aquilo me encantava, resolvi ali, que queria ser uma bailarina de poser dance. Fui em um clube local e pedi pra fazer um teste e ai surgiu tudo. Foi um sucesso meus teste, de lá fui pra França e depois Espanha, acabei ficando na Europa entre indas e vindas ao Brasil durante 5 anos.

Patrícia Oliveira, candidata a Miss Bumbum representando o Mato Grosso  (Foto: Mia Vargas/Divulgação)Patrícia Oliveira trabalha comoposr dancer desde os 18
anos (Foto: Mia Vargas/Divulgação)

Gosta do que faz?
Muito. Sou apaixonada pela minha profissão de dançarina. Me sinto poderosa! Quando eu danço esqueço meus problemas e a energia do público me deixa em êxtase.

Você recebe muitas cantadas? 
Muitas! Tento levar tudo na brincadeira. Não misturo as coisas. Sou sistemática neste ponto!

Qual é o lado bom da profissão?
Você conhecer muita gente, viajar o mundo e ter a admiração e respeito do público principalmente o GLS, que eu admiro muito. E o fato de ser popular. Ser reconhecida.

E o lado negativo? 
As pessoas misturam o meu trabalho com striptease. O povo brasileiro ainda não conhece este trabalho de poser dance, acabam achando que é tudo voltado ao sexo ou que fico pelada no palco. Jamais! Não reconhecem que uma dançarina pode ser só isso, só uma dançarina!

Já recebeu proposta indecente? Qual?
Já. Me ofereceram um valor muito alto para uma noite. Recusei.

Já recebeu cantada de mulher? Já saiu com mulher? 
Sim, várias cantadas. Trabalho no meio GLS. Se já saí? (risos). Isso é segredo!

Te incomoda o título de tiazinha do concurso Miss Bumbum? 
Adoro ser chamada assim. Tenho orgulho! Sou uma mulher vivida e muito bem resolvida. Obrigada!

Tem namorado? A profissão atrapalha ter um relacionamento sério?
Não tenho namorado. Mas tenho alguém em vista que gosto muito. Depende da pessoa que estamos. Os homens geralmente não entendem meu trabalho.

Tem filhos? Sonha com isso? 
Não tenho ainda, mas penso em adotar na oportunidade certa. Neste momento ter um filho está fora de meu planos devido a minha profissão. Por isso quero me preparar pra quando ser mãe. Mas confesso que tenho um pouco de medo do mundo de hoje. Violência, drogas… Isso me apavora.

Como cuida da boa forma? 
Treino de segunda a sexta, além dos ensaios para os shows. Faço aulas de stiletto com o professor Robert Vaúna e aula de pole dance com Marcela Romualdo. Mantenho minha alimentação muito equilibrada com uma nutircionista.

Patrícia Oliveira, candidata a Miss Bumbum representando o Mato Grosso (Foto: Mia Vargas/Divulgação)Patrícia Oliveira, candidata a Miss Bumbum representando o Mato Grosso (Foto: Mia Vargas/Divulgação)

Ego

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627