Mantega vive inferno astral e pede pra deixar o governo Dilma

Publicado em segunda-feira, Março 5, 2012 ·

O ano de 2012 tem sido um martírio para o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Não bastasse ter de lidar com um drama pessoal — o câncer de sua mulher, Eliane Berger —, envolveu-se em denúncias de corrupção, meteu-se numa guerra por poder entre seus subordinados e, para completar, viu crescer, de forma excepcional, a força de seu secretário executivo, Nelson Barbosa, no Palácio do Planalto.

O desgaste foi tamanho, que o ministro chegou a conversar com a presidente Dilma Rousseff sobre a possibilidade de deixar o cargo. O que foi imediatamente descartado por ela.

Apesar de todo o apoio da chefe e do reconhecimento do trabalho executado nos seis anos que em está à frente da Fazenda — especialmente entre 2008 e 2009, auge da crise mundial que ainda atormenta o mundo —, o Palácio do Planalto reconhece que Mantega vem demorando muito para reagir e debelar os problemas em sua seara.

Isso ficou evidente, sobretudo, quando surgiram as denúncias de que o então presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci, teria recebido propina de US$ 25 milhões em contas abertas em paraísos fiscais.

Do Correio Braziliense

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627