Manifesto para reflexão e formação de uma nova consciência política

Publicado em domingo, novembro 27, 2011 ·

elmar2Que o ano vindouro nos traga muitas bênçãos, mas que, nos traga também uma nova consciência ao povo, principalmente aos jovens que são o nosso futuro; é preciso mergulhar profundamente em uma reflexão sobre a realidade e as expectativas para o futuro. Todos nós devemos estar inserido em um processo de construção de uma sociedade, que seja justa, igualitária, democrática, respeitosa e livre da corrupção, que respeitos os sonhos e os anseios da juventude, que estão deixando seus lares e suas famílias a cada ano e se aventurando em terras estranhas por não ter nenhuma expectativa de viver e produzir seu sustento em sua terra amada, Solânea; o campo estar abandonado e os agricultores sendo expulsos por marginais de seus lares; forma-se uma massa de zumbis perambulando drogados por Solânea sem que nada seja feito, seja preventivo, seja curativo ou até mesmo repressivo. E o que vemos imperar é a omissão, o desprezo pela vida. Não me incômoda os gritos dos maus; o que mas me entristece é o silencio dos bons. Que assistem o caos como se não fizesse parte desta realidade, alheios as suas atribuição e responsabilidades. Simplesmente omissão.

É preciso enxergar a realidade com os olhos da razão, pois, quando usamos os sentimentos e ressentimentos como critério de analise e escolha, os resultados certamente serão catastróficos. Prefiro aqui não emitir nenhum juízo de valor sobre administração atual ou passada, apenas expressar a necessidade de uma auto-analise em nossas consciências; moramos em uma cidade que tem mais de 30 mil habitantes, mas que, é muito mais atrasada que uma de 15 mil habitantes, falo aqui em estrutura administrativa e investimentos; permita-me ser sincero, não conheço nenhuma outra cidade onde se brigou durante 12 anos para ver quem seria o herói que conseguiria realizar uma reforma em uma creche, não conheço nenhuma outra cidade onde se vence ou se perde uma campanha com base em construção de matadouro ou ginásio de esporte; mesmo porque, os pedidos do povo de Solânea hoje são banalidades para os demais Municípios, que já os tem, desde sua existência; deveríamos estar pedindo a instalação de pequenas indústrias e outras estruturas capazes de gerar emprego, renda e expectativa de vida para a juventude. Não deveríamos estar pedindo matadouro, creche e outras estruturas medievais; pois isto já é passado para Municípios menores.

O Município por menor que seja, estar no mesmo patamar ou em nível superior a Solânea; me aponte quantos Municípios você conhece com os problemas absurdos que encontramos no nosso ? Como: falta de um ginásio de Esporte, matadouro, creches, pavimentação, esgotamento sanitário entre outros problemas que uma cidade como Solânea já devia ter sanado. Para ter hoje uma nova pauta de reivindicação junto ao Governo do Estado e ao Governo Federal; os nossos anseios atuais mostram o quanto estamos atrasados, nos mostra o quanto este Município foi mal tratado e abandonado, servindo apenas para a realização de interesses pessoais de muitos descompromissados que passaram e pregaram ou pregam a falsa imagem de bem feito ou de apaixonado por nossa pobre cidade. Nossos pedidos são motivo de piadas por todo Estado.  Enquanto tratarmos a situação de Solânea por cores e figuras, come se fosse o caprichoso e o garantido, vamos nos privar das bonança da prosperidade administrativa, do crescimento cultural e tecnológico, da saúde, Educação, Lazer e outros serviços que são essenciais a uma sociedade que cresce. Solânea sobrevive da força do comercio, pois, não há investimentos públicos ou um projetos que gere resultados positivos a curto, médio e a longo prazo; é uma vergonha, se não fosse o comércio, já havia se acabado.

O que temos de real aqui é uma teia de corrupção enraizada a muitos anos, vícios danosos aos cofres públicos, regalias bancadas à custa do sofrimento e boa fé do povo honesto e trabalhador do Município de Solânea; e isto meu amigo, não nasceu agora, mas é preciso que ponhamos um fim agora; ou só restará a desilusão, as drogas, o descaso, a corrupção que se perpetua a cada eleição financiando o cabide de empregos de apadrinhados, transformando a vontade popular expressada através do voto em moeda de troca para as negociadas escandalosas. É preciso se construir um projeto novo, onde não teremos apenas a troca do cacique, mas de  uma tribo de parasitas que fazem de nossa cidade e do dinheiro público uma vaca de leite, onde mamam até secar as tetas e deixam a conta para nós, os contribuintes. Veja que são as mesmas caras, porque não serão os mesmos vícios e desmandos administrativos?

Por uma nova Solânea!

Solânea 27/11/2011

ELMAR DOS SANTOS LIMA NETO

PRESIDENTE SINDICAL

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627