Maluf apela a ministro para fugir da Interpol

Publicado em segunda-feira, abril 23, 2012 ·

Beto Oliveira/Câmara

Na mira da Interpol em mais de 170 países, menos no Brasil, o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) pediu ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, um ‘jeitinho’ para se livrar da prisão. Acusado pela Promotoria de Nova York de lavagem de dinheiro, entre outros crimes, enquanto prefeito de São Paulo, Maluf tem que depor no estado americano. Mas pode ser detido assim que desembarcar lá. O deputado tentou negociar depoimento na Embaixada dos Estados Unidos em Brasília, em vão. Agora, Cardozo intervém para que Maluf preste o depoimento por videoconferência.

‘Prisão’ domiciliar
Maluf só está na lista da Interpol porque não compareceu ao depoimento em NY. Apreciador de bons vinhos e viagens, sua maior prisão é não poder sair do Brasil.

Alô?, alô?
O deputado liga praticamente todos os dias para o ministro da Justiça atrás de novidades, e como forma de pressioná-lo. Os americanos estão irredutíveis.

Apagão no palácio
O que mais chamou a atenção na posse da ministra Carmem Lúcia, na presidência do TSE, não foi seu discurso que prometeu combater a corrupção. Os convidados ficaram boquiabertos com o nababesco prédio, que esbanja espaço e luxo, inaugurado ao preço de R$ 500 milhões.Mas, como nem tudo é perfeito, há constantes interrupções do fornecimento de energia e água.

MMA do Requião
O senador Roberto Requião aprontou uma na ExpoLondrina sexta passada, onde foi provocado por adversários locais. Para um canal de TV local, incitado a falar como via o evento, soltou: “Só vejo sonegador e ladrão de gado aqui”. O tempo fechou.

Zen supremo
Com a posse do ministro Ayres Britto na presidência do STF, a Corte entra na ‘era de Aquarius’. Britto é conhecido por seu astral zen, por ser poeta, bem distante da sisudez do seu antecessor Cezar Peluso.

Quem manda
Apesar do novo líder Eduardo Braga (PMDB-AM), quem voltou a mandar no Senado foram José Sarney e Renan Calheiros. Eles já controlam a CPI mista do Cachoeira.

Xerifona
Mas haverá ordem. Para a senadora Ana Amélia (PP-RS), mesmo que se confirme “um poder paralelo”, há limites para manobras dos dois caciques do PMDB.

Diagnóstico dos hospitais
Começa a render o apelo do presidente da Embratur, Flávio Dino, que perdeu um filho por mau atendimento em hospital de Brasília. A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara debaterá regras de fiscalização da rede privada de saúde.

A serra, de novo
Nova Friburgo, na serra do Rio, continua a sofrer com os efeitos das chuvas deste e do ano passado. O deputado Rogério Cabral (PSD) entregou ao governador Sérgio Cabral pauta com cinco projetos que considera essenciais para melhorar a situação.

Código de defesa
Os verdes querem postergar para depois da Conferência Rio+20, em junho, a votação do Código Florestal na Câmara, embora os partidos tenham tratado de colocá-lo em pauta semana que vem.

Mais um
O PMDB fez questão de ordem junto ao ministro Luiz Fux, do STF, e solicitou a reconsideração da decisão que tornou inelegível o ex-governador Marcelo Miranda (PMDB) na disputa pelo Senado. Ele quer a vaga de Vicentinho Alves.

Ponto Final
Cavendish, da Construtora Delta, contratou empresa de comunicação para gerenciamento de crise. E deram-lhe, claro, uma crise, com a exposição na mídia.

Com Gilmar Correa

http://congressoemfoco

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS









ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627