Mais de 85 mil escolas do País receberão acervo com 360 livros no próximo ano

Publicado em sexta-feira, novembro 2, 2012 ·

Programa Nacional Biblioteca da Escola atenderá mais de 12,3 milhões de alunos dos anos finais do ensino fundamental além de, aproximadamente, 7,5 milhões de estudantes do ensino médio

Divulgação/Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Cerca de 7,5 milhões de alunos do ensino médio serão atendidos pelo PNBE 2013

  • Cerca de 7,5 milhões de alunos do ensino médio serão atendidos pelo PNBE 2013

Um acervo contendo 360 obras foi selecionado para integrar o Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) no próximo ano. O resultado da avaliação pedagógica foi divulgado, e publicado no Diário Oficial da União, da segunda-feira (29) pelo Ministério da Educação (MEC), por meio da Secretária de Educação Básica (SEB).

O PNBE 2013 atenderá mais de 12,3 milhões de alunos dos anos finais do ensino fundamental além de, aproximadamente, 7,5 milhões de alunos do ensino médio – com orçamento previsto de R$ 75 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para aquisição e distribuição das obras.

Serão distribuídos três acervos distintos, com 60 títulos cada, totalizando 180 títulos, para os anos finais do ensino fundamental e na mesma quantidade para o ensino médio.

Segundo o edital, cerca de 6,7 milhões de obras literárias serão distribuídas para 85,2 mil escolas públicas federais e das redes de ensino municipais, estaduais e do Distrito Federal. Do total de instituições atendidas, 50,5 mil escolas oferecem matrículas dos anos finais (6º ao 9º ano) do ensino fundamental e 34,7 mil são escolas do ensino médio.

O objetivo do programa é oferecer literatura da melhor qualidade aos estudantes brasileiros e, com isso, fomentar cada vez mais a leitura nas escolas, afirma o secretário de educação básica do MEC, Cesar Callegari, que reconhece ainda ser necessário fortalecer alguns pontos.

“Nosso grande desafio é capacitar professores para que eles possam fazer este trabalho de mediação com os alunos. A ideia é que eles conheçam o teor dos livros e assim possam usá-los adequadamente, se apropriando do conteúdo e incentivando os alunos e seus familiares a lerem”, salientou Callegari.

O acervo também estará disponível por meio da tecnologia Mecdaisy, um conjunto de programas que permite transformar qualquer formato de texto disponível no computador em texto digital falado.

Durante a realização do processo de avaliação, seleção e formação dos acervos, o ministério estabeleceu parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O Programa Nacional Biblioteca da Escola foi desenvolvido em 1997 e tem o objetivo de promover o acesso à cultura e o incentivo à leitura nos alunos e professores por meio da distribuição de acervos de obras de literatura, de pesquisa e de referência.

O atendimento é feito em anos alternados: em um ano são contempladas as escolas de educação infantil, de ensino fundamental (anos iniciais) e de educação de jovens e adultos. Já no ano seguinte são atendidas as escolas de ensino fundamental (anos finais) e de ensino médio. Atualmente, o programa atende de forma universal e gratuita todas as escolas públicas de educação básica cadastradas no Censo Escolar.

O PNBE divide-se em três ações: avaliação e distribuição de obras literárias, cujos acervos são compostos por textos em prosa (novelas, contos, crônica, memórias, biografias e teatro), em verso (poemas, cantigas, parlendas, adivinhas), livros de imagens e livros de história em quadrinhos; o PNBE Periódicos, que avalia e distribui periódicos de conteúdo didático e metodológico para as escolas da educação infantil, ensino fundamental e médio; e o PNBE do Professor, que tem por objetivo apoiar  a prática pedagógica dos professores da educação básica e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA) por meio da avaliação e distribuição de obras de cunho teórico e metodológico.

Com o intuito de auxiliar alunos e professores em relação à Reforma Ortográfica, o MEC distribuiu, no ano de 2010, mais de 204 mil exemplares do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP), desenvolvido pela Academia Brasileira de Letras, beneficiando 137.968 escolas.

A lista das obras inclui obras como A Invenção de Hugo Cabret, de Brian Selznick; Viagem ao Centro da Terra, do escritor Julio Verne; Dom Casmurro, de Machado de Assis; Moby Dick, de Herman Melville; Lavoura Arcaica, de Raduan Nassar, e Nietzsche em HQ, da Singular Editora.

Acesse aqui a lista completa do acervo do PNBE 2013.

 

Fonte:
Agência Brasil
Ministério da Educação

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627