Mais de 100 pais reconhecem paternidade em Solânea e filho vai encontrar genitor depois de 14 anos

Publicado em sexta-feira, julho 19, 2013 ·

Foto Ednaldo Araújo
Foto Ednaldo Araújo

O juiz titular de Solânea, Osenival dos Santos Costa, decidiu implantar na comarca local um projeto que acompanha uma tendência nacional para que os pais reconheçam a paternidade. Segundo o magistrado, os genitores foram localizados a partir de solicitação feita junto às escolas, onde foram identificados os alunos que não tinham o nome do pai na certidão de nascimento. Depois de quase um ano de projeto, mais de 100 pais reconheceram seus filhos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Em verdade, procurei cumprir a uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça, relativa ao projeto ‘Pai Presente’, tomei as iniciativas para que a nossa Unidade Judiciária não ficasse fora dessa iniciativa nacional”, informou Osenival dos Santos Costa.

O magistrado revelou, ainda, que a maioria dos pais assumiu seus filhos no primeiro contato, sem precisar do exame de DNA.

Depois de localizados os pais, explicou o juiz, era marcada uma audiência, onde compareciam a mãe, o filho e o suposto genitor. “Aqueles que não reconheceram de logo, solicitaram o exame de DNA. Organizamos uma relação, entramos em contato com a Secretaria de Saúde do Estado, onde foi programado dia e hora para coleta de material no Hemocentro, local indicado pela Secretaria”, detalhou.

O município Solânea forneceu ônibus para transporte das partes, com o acompanhamento de um oficial de justiça. Também foram servidos lanches. Em uma audiência posterior os pais abriram os envelopes para divulgação dos resultados. “Uma vez reconhecida e declarada a paternidade, ficou a critério das mães promoverem ou não a demanda relativa a alimentos, sendo que boa parte demandou, normalmente, e outras ainda estão com processos em andamento”, disse o juiz.
Encontro marcado – Dentre os casos de reconhecimento de paternidade em Solânea, um se destaca. Depois de fixar pensão alimentícia para seu filho, um homem manifestou o interesse de encontrá-lo, depois de 14 anos sem conviver com a criança, hoje adolescente. O encontro entre os dois, que promete ser um misto de alegria e perplexidade, está previsto para o dia 14 de agosto, às 10h, no Fórum de Solânea.

Gecom – Fernando Patriota

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627